Recomenda-se:

Netscope

Saturday, December 17, 2011

Dos espertalhões, ou a maior tareia de Bruce Lee



Esquece a vitória ou a derrota; esquece o orgulho e a dor. Deixa teu adversário arranhar a tua pele e esmaga a carne dele; deixa-o esmagar a tua carne e fractura-lhe os ossos; deixa-o fracturar os teus ossos e toma a vida dele! Não te preocupes em escapar ileso; deixa tua vida diante dele! - Bruce Lee

Não faltavam valentões a desafiar o mestre Bruce Lee, na tentativa de pô-lo à prova ou ganhar celebridade às suas custas. Quando valia a pena, o artista marcial - que fora ele próprio um rufia na adolescência - não fugia à disputa. Outras vezes, limitava-se a virar as costas: cobarde não é aquele que evita um combate; é aquele que mesmo sabendo que é superior luta e fere o mais fraco...
Certo dia, porém, um chico esperto abusou. Como tantos outros, tinha assistido às suas lutas, estudado os seus métodos, imitado os seus movimentos, observado as suas técnicas e lido as suas entrevistas. E achou que copiar Bruce Lee bastava para sovar Bruce Lee. (Aquele que não sabe, e pensa que sabe, é tolo). Não contente com as suas más intenções, atreveu-se a procurá-lo desprevenido no seu próprio território: invadiu-lhe a casa. Se o descarado era muito corajoso, psicopata, ou apenas doido varrido, nunca saberemos porque não lhe foi dada ocasião para explicar.  Reza a história que esta foi a maior tareia que Bruce Lee deu a alguém. Só pelo atrevimento.






No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...