Recomenda-se:

Netscope

Tuesday, July 24, 2012

Sua cobra!!!

Mesmo à nossa porta
Morar ao pé do bosque tem destas coisas. Há pouco notámos uma certa agitação felina - Bolacha aos saltinhos e guinchinhos - e fomos dar com este grande e lindo bicharoco ansioso por nos entrar em casa. Por sorte, adoramos serpentes e o único medo que tivemos foi que os gatos dessem cabo dela ou que se esborrachasse debaixo do portão ao tentar esgueirar-se. Mas parece que tinha mesmo vontade de ficar connosco e foi necessário ir buscar um pedaço de cartão para a "convidar a sair" sem a magoar. Oh well, na Ásia a visita de uma cobra é considerada bom sinal. Desconfiamos que seja uma cobra rateira ou uma Rhinechis scalaris (cobra de escada). Algum especialista identifica o convidado inesperado?

Atrás do contentor do lixo, depois de atravessar a estrada com a nossa ajuda...rumo ao mato


16 comments:

colibri esverdeado said...

Já estava com receio de ler qualquer coisa como "demos cabo dela". Ainda bem que ainda há pessoas que respeitam a vida, seja a de pessoas, seja a de animais :) Beijinhos

Panurgo said...

Como especialista em estudos asiáticos apenas um aparte: na Ásia não se chama ao aparecimento de uma cobra "sinal de sorte"; chama-se jantar.

Imperatriz Sissi said...

Cá em casa? Só se matam as centopeias, e é se estiverem portas adentro (tenho mesmo horror) porque se andarem pelo jardim limito-me a rezar para que se vão embora e a colocar Mafu nos acessos. As aranhas vão pela varanda abaixo. Adoramos cobras, embora com certo respeito. O que foi, foi um trabalhão para impedir que a Bolacha lhe limpasse o sarampo (ou vice versa, não sei qual delas estava mais assustada). Beijinhos :***

Imperatriz Sissi said...

:D Estudos asiáticos, que maravilha. Em Cantão, provavelmente? Onde se come tudo o que tenha 4 patas menos as mesas e as cadeiras? E onde há uns mercados horrendos onde me recuso a entrar...não pelas cobras mas por métodos que prefiro afastar da minha mente, e eu que gosto da cultura chinesa!
Esta é uma crença feng shui e penso que é partilhada pelos hindus e japoneses. Tem a ver com o facto de a cobra andar pela terra e saber onde estão os tesouros...e com o poder ancestral das cobras, creio.

Panurgo said...

Não, aprendi tudo com aquela anedota de Adão e Eva; fossem eles chineses, e não judeus, e não teria havido pecado original. A cobra seduzia a Mãe da Humanidade, mostrava-lhe a árvore e o fruto do conhecimento; Eva olhava para o pobre Adão e nem hesitava: comia a cobra.

Imperatriz Sissi said...

Pois, os chineses sempre tiveram um grande sentido prático. Por outro lado, um Paraíso gerido por Chineses...mmmm..por muito que até simpatize com eles acho que ia ser estranho. Pelo menos se fossem chineses de hoje. Muito nouveau riche, retretes em ouro, coisas assim. Not my cup of tea.

Panurgo said...

Eu de chineses só gosto da pirata Ching. De resto, os japoneses, outra raça maldita, sabem como tratar deles, de tempos a tempos.

Imperatriz Sissi said...

Auch...que ruindade :D
Há muita coisa neles de que gosto, como povo, como cultura. Mas ultimamente andam um pouco descaracterizados. E os japoneses há muito que são uma "raça sossegadinha" embora tenham muitas esquisitices. Mas também o Japão é um país fascinante. Tenho a ideia de ir lá só para conhecer Kyoto e fazer compras, porque há tantas coisas giras...

Panurgo said...

Falamos do Império do Sol nascente, da terra dos Samurais, do Bushido, das mussumés, da pintura de Hokosai... e a menina, linda fêmea como é, quer ir a Kyoto fazer compras. Cá está :)

Imperatriz Sissi said...

Aí é que o menino se engana. Expressei-me mal...quero ir a Kyoto ver Gion e Pontocho, e a casa onde os 47 ronin se esconderam. Quero ver outras pérolas do "Flower and Willow world" os templos, os cenários fabulosos...e se houvesse um roteiro de ninjas e samurais...gostaria muito.
Também não se me dava de ver um espectáculo de marionetas bunraku. As compras seriam na minha rota-relâmpago por Tókio, porque há coisas muito diferentes das nossas. Temos a internet...mas a experiência não é a mesma.

Imperatriz Sissi said...

E com esta, fiquei com vontade de postar sobre tayu, oiran e companhia!

Panurgo said...

De facto, acaba-se sempre por chegar ao início: nunca se deve provocar a serpente :)

Sofia Araújo said...

Que traga boa sorte então!

Imperatriz Sissi said...

:p

Imperatriz Sissi said...

Já que apareceu, espero que sim :) . Mas acho que a sorte foi dela, porque se fosse parar a casa de certas pessoas não estava cá para contar o conto...

Diligentia said...

De todos os comentários que li, devo ser o único espécime que, ao avistar semelhante bicho, começaria a gritar quem nem uma ensandecida e correria a buscar a minha gata para lhe tratar da saúde, enquanto procuraria um lança chamas para ver se nunca mais voltava... Espero que, de facto, llhe traga boa sorte mas, da próxima vez, numa forma de bicho mais simpático...Bolas...

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...