Recomenda-se:

Netscope

Sunday, August 19, 2012

Coisas que derretem uma mulher


Gérard Depardieu e Isabelle Huppert



Ser elogiada por alguém que admiramos há anos, e que se vem a conhecer por acaso. Conversar e perceber que havia uma razão para esse apreço instintivo e inexplicável,  que  há imensas coisas em comum, que o discurso de ambos é semelhante e que o sentimento de admiração é mútuo. Por ossos do ofício
acontecem-me de vez em quando estas coisas, e raramente me desiludo. Sou uma pessoa muito serena, que não dá a mínima importância a piropos nem lisonjas, mas...também tenho o direito de me entusiasmar um pouco, certo?









4 comments:

A Bomboca Mais Gostosa said...

Uuuiii, vejo clima de romance por aí? ;)

Imperatriz Sissi said...

Mistérios dos Deuses, Bomboca :*

Sara Silva said...

esse sentimento deve ser muito bom :) eu cá acho que nada acontece por acaso e, nesta situação, essa admiração inexplicável tinha, afinal, razão de ser *

Panurgo said...

Eh que ciumeira com que eu estou!

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...