Recomenda-se:

Netscope

Friday, August 17, 2012

Da gente parva

Olá! Estou cercada!
Em geral, sou uma pessoa que se dá bem com toda a gente. Selecciono os meus amigos, gosto do meu sossego, sou reservada,  mas procuro ser gentil e educada para todos; dizem que tenho um ar muito sério, mas se me falarem é quase certo que esboço logo um sorriso. Fui educada assim e a não ser que tenha motivos, não gosto que ninguém se sinta mal por minha causa. Tenho um certo mau feitio, mas é preciso muito, muito mesmo, para que ele se manifeste. Ouço muitas vezes "nem sei como tiveste sangue frio!". Enfim, por hábito, consigo gerir as amizades ou conhecimentos com certa diplomacia. Gosto de ver toda a gente bem e acredito que para este mundo ser fantástico, não seriam precisas doses massivas de altruísmo e nobreza: bastava que cada um se metesse na sua vidinha e procurasse não chatear os outros. 
 Porém, há fases (estive a contar: esta deve ser a quarta na minha vida) em que pessoas parvas, a fazer coisas estúpidas, a atacar-nos deliberadamente, decidem sair da toca e fazer das suas. Aquelas alturas da vida em que uma pessoa pensa "mas quem é que abriu os portões do Zoo?" ou "de  que manicómio é que este grupo saiu"? Em que concluímos "caramba, não sabia que o planeta andava tão mau". Parece que meio mundo dispara, a controlar/espiar a outra metade, a rugir para os outros sem motivo, ou a inventar tramoias para destruir quem lhe aparece pelo caminho. Sem que alguma vez lhes dessem motivos ou abertura para abusos desses. A vantagem é que, aparecendo todos de uma vez, livramo-nos deles mais depressa. Mas que é tentador perder a serenidade, entrar em modo super malcriado, e perguntar: mas que é esta piiiiiiiiiii? Isto é da menopausa, da andropausa, da Lua, é  o Carnaval, são os caretos, ou a crise que está a pôr esta gente maluca, #&&&&####### piiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii????...lá isso é.

2 comments:

Tamborim Zim said...

Calma querida, o melhor é respirarmos. Às vezes tb rodo a minha baiana, mas chego à conclusão q o melhor é mmo ser capridianamente fria c certa gente.

Imperatriz Sissi said...

Eu cá respiro, respiro...e fico "ice cold", à espera que a fase passe. Não por medo, mas porque se me ponho à pantufada a todos nunca mais me despacho. Mas a ver vamos, ma cher, já não prometo nada. Beijinho :*

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...