Recomenda-se:

Netscope

Thursday, August 16, 2012

Post "mauzinho" sobre a blogosfera

Teve de ser. Tal como muita gente boa por essa blogosfera fora,  a minha posição não é umbiguista. Gosto de seguir outros blogs, de encontrar blogs com que me identifique, de comentar os blogs de que gosto, de ser seguida e receber comentários de pessoas de gente simpática e/ou que admiro.
De seguir blogs, alguns recém chegados, que tenham ideias que me agradem, onde se escreva bem, com boas imagens, com histórias giras, irreverentes, que me façam rir. Espaços que não escolho pela sua popularidade (embora a curiosidade já me tenha levado a espreitar, e eventualmente acompanhar alguns dos bloggers mais falados) mas pelo espírito dos seus autores. De estilos e temas muito diversos, uns mais leves, mais superficiais, mas giros, outros poéticos ou de conteúdo informativo, uns de moda, outros de crónicas, alguns de beleza, outros sobre história ou arte, a minha lista tem de tudo, como podem ver aí do lado esquerdo. É uma pena que a dita lista nem sempre funcione bem e eu fique, por vezes, sem receber novas dos meus preferidos.
Por isso, mas não só por isso, havia dois ou três blogs que andavam aí, geme aqui geme acolá, com constantes actualizações, a ocupar espaço e a complicar-me - cada vez mais - com os nervos. Comecei a segui-los quando decidi dar mais atenção ao Imperatriz e procurar coisas giras para ler. Algo, gostava de saber o quê, me chamou a atenção e lá cliquei "follow" sem dar grande atenção ao que fazia. Com isto foram ficando...ficando...sem que nunca tivéssemos qualquer interacção, nem boa nem má. Verdade seja dita, são pessoas que nunca vi responder a comentários nem comentar blogs de ninguém. Talvez frequentássemos blogs diferentes e a razão seja essa, mas tenho cá as minhas dúvidas. Foram ficando e eu, com uma curiosidade mórbida, lá ia perdendo uns neurónios de cada vez que os abria, talvez na vaga esperança de que me tivesse enganado, de que, uma vez por outra, aquelas cabeças publicassem algo menos tolo. Já aqui falei no que aprecio e não aprecio nos blogs de moda e estes eram, bem...blogs de trapos, como costumo dizer. Look do dia cada dia que Deus deita ao mundo, com retratos tontos sempre nas mesmas poses, roupas que se encontram por aí aos trambolhões e - estilo ou gostos à parte - savoir faire nulo. Erros de ortografia constantes, construções frásicas que não lembram ao mais pintado, visuais duvidosos  e fotos do estilo "olha aqui o meu look com gente super mal enjorcada atrás de mim a compor o cenário". É certo que nem todos temos os mesmos critérios nem preferências e que no seu blog cada um faz o que bem entende, mas se querem copiar as Chiaras deste mundo, há que esforçar-se um bocadinho. Claro que quem por aqui passa tem todo o direito de me achar do pior que há, na blogosfera estamos sujeitos a críticas (umas razoáveis, outras nem por isso...) gostos são gostos, cada um faz o que pode com os recursos de que dispõe e quem não aprecia...tem bom remédio. Foi o que fiz quando num deles, ao visitá-lo uma derradeira vez, me deparo com um texto pejado de erros de palmatória a elogiar um best seller de destruir cérebros. Das duas três: ou gozava impiedosamente com a situação (o que não faz de todo o meu género) dizendo "ok, está explicado" ou lhe apontava os erros construtivamente (trabalho que não me compete e que não me parece que fosse bem recebido) ou fazia o que espero que façam comigo se eu der bons motivos para não gostarem do que publico, ou seja, excluir todos os que não me interessavam.  Limpeza completa. Assim ninguém fica triste, nem sofre de vergonha alheia, nem eu recomendo inadvertidamente espaços que nada me dizem. Desculpem o desabafo, mas para quem estranhou a presença de blogs semelhantes por aqui, fica explicado...

13 comments:

S* said...

De vez em quando faço uma limpeza na minha lista pelos mesmos motivos - perderam o interesse para mim ou os autores deixaram de escrever.

Daniela said...

nao sigo blogs destes que mencionaste acima mas, sim, há muita gente que até gostaria de saber escrever e nao sabe. às vezes mais vale estar quieta!

Panurgo said...

Tu és do pior que há.

Imperatriz Sissi said...

Quando bloggers de que gosto deixam de escrever é muito chato. Fico sempre naquela: apago, não apago? E se voltam? E lá andam a poluir a lista...

Imperatriz Sissi said...

Totalmente. Mas com tanta informação e corrector ortográfico, é mesmo uma questão de preguiça, e de achar que se sabe tudo. Chego a ver isso em blogs muito populares...

Imperatriz Sissi said...

Do piorio :p

A Bomboca Mais Gostosa said...

Sou uma recém nascida na blogosfera, não sei exactamente quais são esses blogs de que falas, mas efectivamente tenho visitado um pouco de tudo, e há alguns que não lembram a ninguém ;)

Imperatriz Sissi said...

Há gente muito disparatada neste mundo. E tendo meios para mostrar o disparate ao mundo...fujam!

*C*inderela said...

Também fico na dúvida mas normalmente quando passa três meses eu apago. Uns deixam de escrever, outros já não me identifico mais.
Admito que não sou grande escritora mas gosto de partilhar.

Bjokas

Sara Silva said...

no que se refere aos blogs de moda e beleza, eu não sou ninguém para dizer se bloggers estão bem ou mal vestidas, bem ou mal maquilhadas e por aí (apesar de às vezes ficar com a vista ferida), mas se há coisa que eu não consigo mesmo ignorar num blog, em qualquer um deles, é a má escrita das suas autoras! desde falta de pontuação, a erros ortográficos, a mudanças repentinas no trato das pessoas (numa frase tratam as leitoras por "você" e na outra já as tratam por "tu"), formulação de frases intermináveis, repetição exagerada de palavras... é um sem fim de maus tratos à língua portuguesa, caso para nunca mais repetir a visita.
nisto, fico a pensar: porque é que criaram um blog se nem escrever sabem??

Imperatriz Sissi said...

É isso mesmo, mas infelizmente o disparate foi-se arrastando (e hoje ainda dei com alguns que ficaram teimosamente no reader apesar de os ter apagado). Os erros na escrita são sem dúvida o que mais me fere, seguidos dos conteúdos - e em blogs do género há conteúdos, e formas de os tratar, interessantes e outros que não interessam ao Menino Jesus, verdadeiros atestados de cabeça oca: nem originalidade, nem graça, nada. Quanto aos visuais em si, eu tenho uma mente bastante aberta em relação a estilos diferentes, basta ver a lista aí à esquerda. Há quem faça coisas giríssimas com um estilo extravagante/alternativo, outras conseguem-no dentro da maior simplicidade. Penso que a partir do momento em que alguém cria um blog "de moda" tem de se esforçar para perceber um bocadinho do assunto, por mostrar qualquer coisa e (em alguns casos) por fugir do ridículo. De qualquer forma, um blog até pode ter pouquíssimas frases -desde que sejam correctas e transmitam alguma coisinha (sentido de humor, capacidade de observação, etc...). Se assim não for, concordo plenamente contigo: para quê?

Imperatriz Sissi said...

Acrescento que passei boa parte da minha vida a ouvir " a moda é fútil, bla bla bla". Nunca foi essa ideia que as publicações sérias, como a Vogue e a Elle, me transmitiam, e sempre procurei mostrar às pessoas que esta indústria tem mais que se lhe diga do que trapos e vaidade; que é um reflexo dos fenómenos sociais, uma manifestação cultural, forma de expressão...e que por uma pessoa gostar de moda não significa que não aprecie literatura, arte, ciência, política, história. Antes, precisa de ter estas referências culturais para realmente apreciar e compreender a moda. E depois aparecem estas bloggers a perpetuar o estereótipo, caricaturas de menina do shopping. Não há paciência.

Sandra Paiva said...

Eu gosto de ti, não sei se gostas de mim. Se não gostares, olha, prontos....
Concordo plenamente e confesso, faço o mesmo. Aborrece-me de morte blogs só com fatiotas do dia, admiro a pachorra e irrita-me alguém ter um blog super badalado e ser uma completa brejeira que nem escrever sabe ( não digo quem é pq não quero ver ninguém a perder o sono). Olha, gosto do teu e de pouco mais. Também estou nesta vida há pouco tempo, certamente irei encontrar mais gente que goste para seguir. É isso :)

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...