Recomenda-se:

Netscope

Tuesday, September 25, 2012

Menina que abraçou o polícia, o tanas!

                     
Uma vez sem exemplo ponho o cinismo, o espírito crítico e o meu costumeiro grão de sal de lado para dizer coisas bonitas sobre a menina que abraçou o polícia (numa manif em relação à qual, ainda por cima, mantive a reserva que me caracteriza) e sai-me istoE o bikini, foi para quê? Bem me enganou. Ora toma, Sissi, que é para aprenderes a não embarcar no entusiasmo geral nem nas carneiradas que tanto desprezas. Já não se fazem momentos tocantes como antigamente, ninguém age desinteressadamente, a pimbalhada está por todo o lado e em cada inocente hippie de cabelo ao vento esconde-se uma potencial concorrente à Casa dos Segredos. Quem me manda ser fofinha?

23 comments:

Inês Torres said...

É ela, a Adriana?!

Imperatriz Sissi said...

Sim. Nasceu uma "estrela" que "espera que a popularidade lhe abra portas profissionais" e posa em bikini. Não digo que ela não concedesse uma entrevista, mas nestes preparos e com estas intenções? Qual "espiritual", qual carapuça.

Joana come a papa said...

Nem mais.

Colour my life said...

Sissi, a mim essa caramela nunca me enganou! Falava como se só tivesse conhecimento de 4 ou 5 palavras do vocabulário, parecia-me assim para o atrasada mental. Eu sabia!!!

Imperatriz Sissi said...

:( quando uma pessoa julga que há um momento inspirador...

Boboquinha said...

O que esperavas? Eu não liguei nenhuma a isso dos abraços e cravos. Devo conseguir cheirar quem não resiste à lente de uma câmara a léguas!

Vitória Neves said...

Não li o artigo porque não tenho por hábito comprar revistas cor-de-rosa.
Online nem dá para ler o artigo... por isso nem percebo qual é a vossa desilusão. Independentemente disso o gesto de abraçar o polícia não foi bonito e um acto de coragem?! Não se trata de um bom exemplo?!

Imperatriz Sissi said...

Colour, não ouvi o discurso dela, só li alguns artigos breves que sairam. Sinto-me ursa, eu que normalmente primo por desconfiar de tudo.

Imperatriz Sissi said...

Pois. Desligo por uns instantes o meu erguer de sobrancelhas desconfiado, e dá nisto. Pareceu-me uma coisa bonita e ignorei o alarme de attention whoring...que outra coisa seria de esperar no "século da fama fácil"?

Imperatriz Sissi said...

Vitória, infelizmente não tenho acesso online ao artigo completo. Porém, noutra página (http://fotos.sapo.pt/prduarte/fotos/?uid=WVg9zkr53TGfcD6Z9CB0#grande) dá para ler um pouco da entrevista e percebe-se o contexto pouco feliz em que foi feita. Não critico que ela falasse à imprensa, mesmo à imprensa cor-de-rosa; isso seria normal dada a curiosidade que a imagem gerou. Aparecer naquelas poses e trajes é que é completamente escusado, e deita por terra toda a imagem de "hippie fofinha que quer mudar o mundo e despreza as vaidades materiais" que ela pretendeu passar com as suas primeiras declarações. E por muito compreensível que isso seja, afirmar que se espera conseguir oportunidades profissionais com um gesto que foi aparentemente desinteressado tira-lhe toda a nobreza. O gesto continua a ser corajoso (podia ter levado uma cacetada) e bonito? Sem dúvida. Ficamos é na dúvida quanto à intenção original. Há muita gente disposta a apanhar cacetadas, e muito mais, para ficar famosa. Não sei se é o caso. Mas que desiludiu e me fez sentir idiota pelo post que lhe dediquei, isso fez. Ganhava muito mais mantendo o silêncio.

Diligentia said...

Sem saber ler nem escrever, como se diz na minha terra, até que a topei logo... Eu não disse que ela só se foi abraçar ao senhor policia porque lhe pareceu que o moço era jeitoso? Ora, de uma pessoa destas não se pode esperar muito mais ... :)

Imperatriz Sissi said...

Profético, Diligentia! Coitada da Autoridade Jeitosa que se vê envolvida num circo destes, quando se limitou a cumprir o seu dever sem violência...o pior é que eu não sou de lamechices e achei bonito. Sim senhor. O fotógrafo deve estar com uma cara...

A Bomboca Mais Gostosa said...

Podes crer, que cinismo!
É a esperteza saloia, como eu costumo dizer.

Vitória Neves said...

Continuo a não ver problema nenhum. Ainda hoje em Espanha uma mulher fez top less na manifestação. São pessoas que a meu ver tentam provocar algo nos outros... mas de forma pacífica. Por isso, continuo a achar que gestos deste tipo merecem louvor. Bem melhor do que andar a ofender ou a atirar garrafas. O momento foi aquele apenas e concordo foi inspirador. Fora isso ela pode ser aspirante a actriz, apresentadora de tv, whatever... isso não altera o momento. Para além disso é preciso ver que ela tem apenas 18 anos. Mas cada um com a sua opinião...

Imperatriz Sissi said...

Lá se foi a imagem romântica, como dizia o outro...

Imperatriz Sissi said...
This comment has been removed by the author.
Imperatriz Sissi said...

Top less é diferente - what you see is what you get. Aqui trata-se de quebrar um momento espontâneo com o que parece (não sei se é)a revelação de um acto calculado. Podem ser de facto coisas da idade. Parecia ser diferente, afinal é mais do mesmo - essa é a desilusão aqui. Mas é como diz, cada um com a sua opinião...

Tamborim Zim said...

Bom, se por um lado acho q se exagera o destaque a certas ações, como foi o caso em vários locais, por outro tb antipatizo um pedaço com uma certa onda de acusação q agora culpabiliza a moça de tudo, alegando até intenções muito específicas no seu gesto. A verdade é q n podemos saber o q a terá motivado: alguma visibilidade do seu protesto, uma genuína forma de mostrar solidariedade e vínculo, o q for. O q se passou depois é q a deve ter surpreendido: este mundo e o outro atrás, jornalistas a entrevistarem e reentrevistarem, etc., etc., e provavelmente n resistiu à tentação de aproveitar o momento e de tentar alguma coisa q julgue boa - mmo q n o seja. Enfim, era só o meu bitaite.

Imperatriz Sissi said...

Não digo que não seja verdade. Mas a "produção" foi de mau gosto- da parte dela e da própria revista. Sinceramente, ou o responsável tem gostos muito duvidosos ou alguém na revista a quis "desmascarar" ou pôr à prova de alguma maneira (à custa da própria reputação) expondo-a naqueles preparos desfasados e disparatados. E ela por ingenuidade ou tolice, mordeu o isco. Podiam perfeitamente te-la fotografado de outra maneira. O que é que parecer "sexy" salvo seja, tem a ver com a menina que teve um acto fofo e simbólico? Nada. Podia aproveitar o momento com subtileza, assim passou por tola e ambiciosa. Não digo que o seja - mas é a imagem que passa.

Fashionista said...

ui.. já estou a ver o filme..

Ariana said...

Cééééus, eu confesso que também me senti uma tonta e idiota, mas exactamente pelo motivo oposto ao teu: sempre desconfiei da genuinidade do acto dela. Sempre me pareceu que aquilo foi premeditado e não espontâneo, e o mais idiota é que ao mesmo tempo me sentia culpada por achar que estava a ver fantasmas onde não existiam, sentia que estava a ser má para com ela... E sentia-me ainda pior por isso. No entanto após ver essa entrevista, sinto-me um tanto aliviada... Afinal, pelo menos aparentemente, até que tinha alguma razão. Espero realmente ter, se não volto a sentir-me mal hihi :P
Beijinhos!

Just José said...

Pois é cara Sissi, ser fofinha não é fácil! Mas foi fofinho ser fofinha, só lhe ficou bem. :)

Quanto ao abraço em si, diga-se que o arzinho de "teaser" com que a nossa Adriana estava e o facto de o ter feito num sítio onde tinha vários fotógrafos à volta, já não indiciava nada de muito espontâneo.

Mas esta bela ruiva espanhola da manifestação de ontem em Madrid não está a fazer "jogo" de certeza:

http://willtoimprove.blogspot.pt/2012/09/a-bela-ruiva-e-o-policia-versao.html

Imperatriz Sissi said...

Pois não, coitada! Esse abraço nada tem de simpático.

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...