Recomenda-se:

Netscope

Friday, October 12, 2012

Este blog não se chama Santa Sissi!


Nem Sissi, a Sabichona - ponha uma moeda no poço e conheça o seu destino! Ou Sissi, a Malvada - mordo, arranho e detesto toda a gente, não obstante a rubrica "Eu embirro com". Muito menos Imperatriz Sissi, a Majestosa e Venerável, prestem-me vassalagem e é se querem. Sou a Sissi, a Godmother/Patroa deste espacinho simpático que é o Imperatriz e já é muito, porque eu só gosto de mandar no que me pertence - reinar é uma responsabilidade muito grande. O caminho para a santidade é árduo, a vida já tem chatices de sobra e eu não tenho jeito para mártir. Para Sabe-Tudo não tenho paciência, nem pretendo tal coisa, até porque no one likes a know-it-all. E apesar de não ser santa, nem estar escrito em lado nenhum "este é oficialmente um blog fofinho e cuti-cuti" procuro dizer as coisas com uma certa delicadeza, porque não há nada mais feio que ofensas gratuitas ou gente sempre crispada, de mal com a vida. Dou a minha opinião; não afirmo "Eu Sou o Caminho - segui-me, que andais cegos!" tão pouco espero que a considerem como um estudo científico revolucionário, a adoptar pelos manuais e a impor à sociedade. Este blog é meu, já tenho dito que não é uma democracia e que  - dentro da decência e da Lei - coloco aqui os devaneios que bem me passarem pela carapuça, para citar uma cara blogger muito talentosa. Logo, considerando que não ando por aí a tratar mal as pessoas ou a dizer que sou a maior,  mas que também não sou santa, acho incrível que certos caramelos se sintam no direito de vir aqui dizer disparates contando que a peste da Sissi, para com eles e só para com eles, tenha um ataque de santidade e dê a outra face. Caladinha, superior e magnânima. Não queriam mais nada? E por aqui me fico, até ver. Espanta-me sempre a quantidade de pessoas chatas, amargas e mal amadas que andam a salivar e a rosnar pela blogosfera. E chá, não? Mais vale tarde que nunca, eu acho...

11 comments:

Sérgio Saraiva said...

Ó Sissi, caíste da cama abaixo hoje?

Ainda bem que não és nenhuma santa toda coisinha, afinal tenho a certeza que ficas mais gira assim... Irritadiça, com a cara vermelhusca e assim a modos de meia despenteada... Tanta preocupação com as maquilhagens e os penteados da moda e afins quando no final...

Joke... ahahahah... Não ligues, é o meu sentido de humor de sexta-feira... :P

Bom, com comentários destes, por este andar qualquer dia sou ainda sou banido... :p

Imperatriz Sissi said...

Eheheh Sérgio, ninguém consegue estar sempre composta, não é saudável. Comentários simpáticos, ainda que discordantes, são sempre muito bem vindos :D
Não caí da cama, mas caí da paciência. Há pessoas que fazem questão de implicar com os outros e descarregar as frustrações em quem está para lá de Bagdad...beijinhos.

Diligentia said...

Há duas coisas certas na existência, Sissi: pagar impostos e levar com gente ursa, desocupada e carregada de frustrações e invejas. Dos impostos ainda se foge, mais ou menos, é certo, agora desses outros seres não há como fugir. Só resta espingardar e combatê-los até ao fim. Até à bem pouco tempo achava que estava sozinha nesta posição doutrinária.Por isso é que gostei tanto do seu post. Gente mesquinha e pequenina tem que levar na cabeça até desaparecer porque, simplesmente, diga o que disser terão sempre algo a apontar. No fundo, o que lhes fez falta foi o amor da mamã na infãncia; como não tiveram, comportam-se assim. Enfim, haja vontade de combater a estupidez...




(Sinto-me tentada a acusar o toque da 'cara blogger', só não sei é se o talentosa é merecido...Obrigado)

Imperatriz Sissi said...

Querida Diligentia, é merecidíssimo! Pensei em deixar um link para o Bona Mater Familias mas não sabia se ia gostar de se ver citada...mas se não se importar acrescento!
E realmente, com gente dessa não pode haver contemplações. Já levou a resposta que merecia, e se não ficar por aqui..veremos. Beijinho.

Diligentia said...

há*

Diligentia said...

Não me importo nada, até agradeço! Só não pretendo é fazer-me valer da sua popularidade para trazer mais visitas à minha pocilga, perdão, blog. Acho que não seria nada justo.

Imperatriz Sissi said...

Nada disso :D
A Cesar o que é de Cesar!

Ray* said...

Mais uma vez, vim cá ver o link! (sim, eu sou daquelas que subscreve os comentários para ver se me respondem eheh!) E ainda bem que li este post! Foi uma lufada de ar fresco. Aposto que, para os haters, foi uma 'granda' bofetada nas fuças! (ups, a minha linguagem não tem remédio!)

Muito bom o artigo, Sissi!

Em relação ao comentário n'O Labirinto dos Livros, ia deixar este, até que passei para aqui:
Imperatriz Sissi(adoro o nome!!),

a verdade é que ser blogger tem destas coisas. As positivas ajudam-nos a erguer a cabeça e a sorrir, mas há coisas que nos tiram do sério.

O post que escrevi - já está feito desde ontem à noite, hoje integrei os links do Imperatriz e d'O Labirinto - diz aquilo que falámos e muito mais! Aguardarei feedback :DD Não é nenhum post expert, mas é da minha experiência, do que vejo, do que ouço e do que sinto. Acho que não custa nada sermos educados... Credo, as pessoas andam todas do avesso. Qual é a lógica de se andar aí a comentar e dizer mal? Algum problema de auto-estima mal resolvida, só pode!

Só digo que, no final, sou provocadora e deixo: Vá, venham daí esses comentários haters! I dare you!! ahahah :DD

Imperatriz Sissi said...

Obrigada, Ray! Também gosto sempre de ver o feedback aos meus comentários. Afinal, parte da graça da blogosfera está na partilha, e é extraordinário como se conhecem pessoas tão interessantes.
Pode mandar-me o link directo para o post? Fui aos dois blogs mas não o encontro. Quanto à bofetada nas fuças, ou nas trombas :p não consigo evitar. É de uma cobardia extrema vir a um blogue e cobardemente, atrás de um monitor, chatear ou insultar quem não lhes fez nada. Claro que levam as rodas de malcriados que merecem; não é preciso descer ao nível deles para dar uma boa achega. Depois levam o troco e ficam tristes. Azar o deles. Se estão doidos a culpa não é nossa...como dizia a minha avozinha, "Deus Nosso Senhor não gosta que a gente seja palerma". Beijinhos

Imperatriz Sissi said...

E obrigada também pelos elogios tão amorosos. O nome do blog é uma long story, fazia parte do meu petit nom em pequena ;)

Ray* said...

;) que giro!! quando era pequena, a minha avó via comigo os filmes da Princesa Sissi (aqueles da década de 50) e eu apaixonei-me pelo nome!

Quanto ao post, só sai na próxima 3f, mas já o agendei!

E quanto aos comentários, são totalmente sinceros ;) e sim, receber feedback é sempre positivo. Em relação ao post que tenho estado a falar, não é tanto pelo feedback (mas tb é, claro), mas para consciencializar. Claro que as pessoas que o deviam ler, podem nem lhe por a vista em cima, mas ao menos, escrevi o que me deu na gana e foi e é um alívio!

Quanto a esse provérbio, nunca tinha ouvido falar, mas faz sentido! Apesar de já não acreditar na religião e em Deus, faz todo o sentido! (lá está, lá por não gostarmos das mesmas coisas, não é por isso que tenhamos de ser mal educados! Tomem lá esta, seus haters!! ahah)

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...