Recomenda-se:

Netscope

Thursday, November 1, 2012

O meu Halloween foi de tremer, e o vosso?



Embora adore estar recolhida no meu cantinho há ocasiões que não deixo de celebrar, e o Halloween é uma delas. Confesso que  me custou não ver The Walking Dead sossegada, mas foi para isso que se inventou o MEO (passe a publicidade que eu não sei como se chama a engenhoca para gravar programas e estou com preguiça de procurar) e além disso, não queria perder o convite da minha BFF Inês para o concerto da banda Rock N Riders (que vos aconselho a conhecer, já agora) na linda cidade da Figueira da Foz. Como vos tinha contado, acabei por me decidir por um upgrade gótico/ vampiresco/embruxado no meu visual, em vez da minha habitual fatiota completa. Para me inspirar, comecei logo por um visual noir ao longo do dia. Neste Inverno a combinação saia midi ou maxi + blusão de cabedal vai ver-se bastante por aí e acho a contradição peça agressiva + saia delicada muito interessante. Tal como disse ontem, um look com um quê de gótico não precisa de ser alternativo ou imaturo. Lá diz um escritor que muito aprecio, Antonius Moonen, que "o preto provoca a curiosidade e força o respeito"...
Mas é claro que para a noite a história era outra. 

Queria algo que me permitisse dançar e mexer-me à vontade. Por isso, escolhi o mais simples: um vestido rendado no negro mais retinto que há, acessorizado com um cinto de cetim entrançado e pedras de fantasia, e umas botas overknee de veludo guarnecidas de rendas, que comprei por graça numa boutique muito curiosa. Trouxe-as especialmente para ocasiões destas, mas com a invasão de veludos e looks românticos nesta temporada talvez me atreva a passeá-las por aí mais vezes. Ou seja, compus a fatiota com coisas que separadas podem fazer parte de uma toilette normalíssima, mas juntas...
Depois foi só colocar um fascinator de plumas no cabelo e criar um makeup com várias nuances de negro, um toque de encarnado (olhos) e lábios rouge-noir, outra tendência do ano.
Diverti-me horrores e fui mesmo desafiada para cantar com os Rock N Riders. Adivinhem qual foi o tema? Seven Nation Army, uma canção que adoro e que até já referi algures por aqui...
                                                    

Ficam algumas imagens do serão e claro, fico à espera de que me contem como foi o vosso...










8 comments:

colibri esverdeado said...

Parece ter sido uma noite em cheio! Infelizmente este ano não pude festejar como queria mas pronto, já estou como dizem, o Halloween é quando a "gente" quiser eheh ;)

Inês Torres said...

Uma noite deveras especial, exorcizante e com muito goth glamour!!!Obrigada querida amiga*

Maria Pitufa said...

Oh... foi passada em casa!! Assustador na mesma porque foi passado com livros de contabilidade!

Tamborim Zim said...

Sissi estavas linda e, como diria um amigo meu, "de acordar os mortos"! Eu n festejo nada, ou nada de oficial e de oficioso. Recato e pantufas.kkk

Imperatriz Sissi said...

Foi mesmo giro! Há sempre ocasião para uma festa de Bruxas fora de época...

Imperatriz Sissi said...

Foi memorável, dearest :D

Eu é que agradeço. Beijo.

Imperatriz Sissi said...

Maria, isso mete realmente medo...

Imperatriz Sissi said...

Obrigada, Tamborinzinha. Ainda bem que nenhum acordou, que eu ia desarmada e não me davam jeito zombies...

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...