Recomenda-se:

Netscope

Monday, February 25, 2013

Diz que isto é uma espécie de Oscars...

         
...mas esta manhã, ao sentar-me para apreciar as toilettes (nunca tive paciência para ver a red carpet em tempo real) fiquei cá com as minhas dúvidas. Supostamente, esta cerimónia é la crème de la crème no seu género, o local para vestidos sumptuosos, para os looks de cortar a respiração. Eu continuo a defender que é em Cannes que vemos verdadeiro requinte, magnificência e glamour mas enfim, os Oscars têm uma reputação a defender. E num ano em que os designers colocaram cá fora os decotes mais impressionantes, as cores mais ricas, bordados, brocados e estampados maravilhosos, cortes de modelagens de uma precisão impressionante que fazem uma mulher como uma escultura,tanta sensaboria é imperdoável. Palavra de honra que ao ver - once again - cai cais sem graça,  vestidos nude deslavados ou shift dresses coleantes com lantejoulas perdi toda a vontade de comentar em detalhe. É que já tenho visto coisas mais bonitas em festas privadas cá do burgo. A minha querida Fan Bing Bing (abaixo, em magenta) foi uma das poucas a respeitar o ambiente do evento, goste-se ou não do Marchesa que vestiu (eu gosto). Digo "querida" porque a menina é uma salva-passadeiras-encarnadas. Está sempre magnífica, como se deve nestas ocasiões, com todo o look planeado ao milímetro e nada fora do lugar: a perfeição. Ter um porte lindo conta imenso, mas o diabo está nos detalhes.
 Oscars 2013, Best Dressed: Helena Bonham Carter, Salma Hayek, Fan Bingbing, Melissa McCarthy
Também Olivia Munn escolheu um lindíssimo Marchesa cerise, a meu ver um dos vestidos mais interessantes que por lá apareceram: pena foi que tivesse sido escolhido e provado, se é que foi provado, às três pancadas - e por isso não lhe assentasse como devia. Repito, o diabo está nos detalhes: em vez de criar uma figura de ampulheta linda, tirou-lhe metade da altura, a modelagem do corpete não se nota, o drapeado não está no sítio certo e a cauda anda para ali numa confusão, embrulhada debaixo dos pés. Uma pena. Um lindo vestido sem uma stylist competente e uma costureira mais competente ainda, nunca me canso de insistir nesta tecla, é dinheiro deitado à rua. Ou neste caso, vestido emprestado para não beneficiar ninguém.


No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...