Recomenda-se:

Netscope

Monday, February 18, 2013

Pensamento do Dia: o verdadeiro poder feminino

                                      
Não podia concordar mais com esta frase de autor anónimo. Ou, pondo de parte a hipérbole, com George Bernard Shaw "clever and attractive women do not want to vote; they are willing to let men govern as long as they govern men". Não é que uma mulher não saiba liderar, combater, manobrar intrincados enredos políticos e tudo o resto tão bem como eles. Leonor de Aquitânia, Caterina Sforza, Iolanda D´Anjou, Elizabeth I, só para citar algumas das grandes mulheres que mais admiro, conseguiram-no admiravelmente. Mas cada uma à sua maneira - a it girl apaixonada e indomável, a virago crudelíssima, a regente sensata, a Rainha Virgem - fizeram-no sem perder um pingo da sua feminilidade e sedução (por muito que se dissesse o contrário). Muitas vezes, nem é preciso tanto esforço. Em última análise, uma mulher não precisa de se descabelar pela (suposta, relativa e de utilidade duvidosa) igualdade absoluta. Our power lies somewhere else. Muitas vezes nas trevas, no lado lunar, nos bastidores a mexer os verdadeiros peões, enquanto os guerreiros dão a cara. A noite, Lua, as cavernas e a água, sempre mutável, sempre adaptável e imprevisível, são os elementos femininos por excelência. Combater as sombras? Para quê, se podemos fazer uso delas?

1 comment:

Maria Misteriosa said...

Sempre nutri uma enorme admiração pela "iron lady", mulher inteligente, determinada e ao mesmo tempo feminina e naturalmente charmosa (considero que o charme é como o carater...inato).

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...