Recomenda-se:

Netscope

Tuesday, March 5, 2013

Eu que não sou de "feminismos"...

                         As raparigas do Salão Automóvel de Genebra de 2012 (© Microsoft/Magic Car Pics)
...e que percebo perfeitamente que as modelos/hospedeiras precisem de ganhar dinheiro, assim como a inegável eficácia em termos de marketing da associação de ideias, mais velha do que os montes, "compro um carro poderoso = arranjo mulheres espampanantes" que se faz na cabecinha de muito candidato a macho alfa a precisar de algo mais (é antropologicamente explicável e básico, nada a fazer) acho isto um papelinho tão ingrato...
                        As raparigas do Salão Automóvel de Genebra de 2012 (© Microsoft/Magic Car Pics)
Já não falo no ar e nas fatiotas de muitas moças neste Salão de Genebra, que isso enfim...há que fazer o tipo que se procura para o efeito, sem ofensa. Mas por muito que se goste de automóveis e se junte o útil ao agradável; ainda que algumas sejam engenheiras mecânicas com um QI de 180 a fazer uma "perninha" para pagar as propinas, e que isso não tenha, em boa verdade, mal nenhum; por mais que eu até defenda que sim, uma mulher bonita não precisa de negar que o é para se fazer respeitar e que a feminilidade é um dom dos deuses (ou uma arma, em muitos casos) tão útil como outros dotes quaisquer... a função decorativa da mulher, como enfeite, adereço ou extra (imagino que tenham de ouvir com um sorriso parvo bocas do estilo "se comprar o carro, oferecem-me a menina?" todo o santo dia) 
faz-me um bocadinho de confusão. Uma inquietaçãozinha cá dentro. Ou um eco dos homens cá de casa a berrar "filha/irmã minha nem pensar!". Tenho direito aos meus momentos à antiga portuguesa, I guess, ou não fosse este um blog old fashioned.
                    As raparigas do Salão Automóvel de Genebra de 2012 (© Microsoft/Magic Car Pics)
                    As raparigas do Salão Automóvel de Genebra de 2012 (© Microsoft/Magic Car Pics)
                  As raparigas do Salão Automóvel de Genebra de 2012 (© Microsoft/Magic Car Pics)
                   As raparigas do Salão Automóvel de Genebra de 2012 (© Microsoft/Magic Car Pics)
                   As raparigas do Salão Automóvel de Genebra de 2012 (© Microsoft/Magic Car Pics)
                     
                    
                   
               


4 comments:

Urso Misha said...

salão automovel, que é salão automovel é assim, porquê não sei.

Sérgio Saraiva said...

Ó Sissi, não querendo ser moralista ou algo do género, confesso que me faz tanta confusão essa coisa do macho que é macho tem de arranjar uma boneca para mostrar aos outros para se sentir mais macho, como a da fêmea que é fêmea tem de arranjar um macho com um carro de alta cilindrada para se sentir mais fêmeas. A realidade é que alta cilindrada atrai muito boa gente (no feminino). Digam o que disserem, mas é um facto que o objetivo final de vida de muita gente é o de ser um boneco de exibição de alguém supostamente superior na sociedade.

Eu tenho cá para mim que isto são tudo ecos do tempo das cavernas, onde as fêmeas sentiam necessidade de ter com elas o macho mais brutamontes da aldeia para se sentirem mais protegidas. Agora o conceito de brutamontes tornou-se mais abrangente, mas há coisas que continuam iguais...

Imperatriz Sissi said...

@Urso Misha: totalmente verdade, acho que é mesmo tradição. Mulheres vistosas, grandes carrões.

@Sérgio, não podia concordar mais. Mas há estudos antropológicos sobre o assunto: quanto menos características de macho alfa um homem tem, mais procura compensar por sinais exteriores, vulgo "sou poderoso, posso cuidar de ti e da tua prole" e as mulheres caem nas plumagens e nos "berros de acasalamento". É inato, mas quanto mais básico se é, mais alto falam esses instintos. Há mesmo um documentário sobre o tema, gostava de o encontrar para colocar aqui... ;)

A Bomboca Mais Gostosa said...

Concordo contigo, confesso que me faz um pouco de confusão toda esta exibição, este exagero. As raparigas, coitadas, estão a ganhar o delas de forma honesta, mas este tipo de eventos são sempre a puxar para a vulgaridade.
Concordo quando dizes que quanto menos um homem é dotado, mais tendência tem para adquirir bens materiais de elevado valor.

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...