Recomenda-se:

Netscope

Friday, March 22, 2013

Looks da semana a copiar - e como - segundo a British Vogue

                                           
A augusta revista chamou a atenção esta semana para alguns looks interessantes que pela sua simplicidade ou factor surpresa, nos dão algumas ideias de styling a tentar. Sejamos nós clássicas e resistentes à novidade, early adopters,  trend setters ou mesmo taste makers, é sempre boa ideia tirar inspirações - seja da rua ou das celebridades - por mais que nos pareçam estranhas ao início.


tenho mencionado a imaculada Eva Mendes, que nunca tem uma fatiota mal escolhida ou um cabelinho fora do lugar, além de ser um exemplo para todas as silhuetas-de -ampulheta deste planeta, passe a rima, e de ainda lembrar a gloriosa Sophia Loren (é muita coisa, hein?). Desta feita a menina (ou a Rachel Zoe por ela)  fez uma escolha algo risqué: tigresse encarnado Dolce & Gabbanna, casaquinho de tweed e botas de plataforma. Há muito para analisar neste visual: pessoalmente sou cautelosa com o animal print e se for colorido, mais ainda. Pode facilmente dar um ar barato à toilette e causar demasiada informação; se for coordenado com outro padrão, como é o caso aqui, mais perigoso é. Então como é que funciona tão bem? Simplesmente, mantendo o resto simples: as botas acrescentam descontracção ao look. Alguns tons do casaco estão em harmonia com o calçado e com o vestido. E mais importante que tudo, bom ar, quilos dele. Cabelo impecável e solto, nada de penduricalhos, maquilhagem natural e um aspecto super descansado e limpo. Regra importante: se vai usar tigresse, não deixe o brushing para o dia seguinte, nem descure a makeup. Por fim, o decote-jóia (fechado e bom para usar sob colares) é algo arriscado para quem tem um busto volumoso. Mas este está muito bem calculado e resulta graças às mangas-bispo, que são lindíssimas, equilibram a figura e ficam bem a quase toda a gente. Elegante mas edgy, quase boémio,  e acima de tudo, pensado para quem o vestiu. é assim que se faz e mais nada...
                                   
Rosie Huntington-Whiteley é linda de morrer e ter pedigree é meio caminho andado, nada a fazer. É outra menina que nunca tem que se lhe aponte. Camisa ou blusa  + calça cigarrette ou skinny preta é sempre uma combinação vencedora, mas trocar o clássico branco por nude, ou rosa chá, e usar sandálias no mesmo tom, é garantia de parecer um amor...e de ter um aspecto super repousado, mesmo que se tenha dormido mal ou saído de casa para o evento às corridas.

Helena Bonham Carter raramente aparece na lista das mais bem vestidas, apesar de ser super bem nascida, talentosa e de ter boa figura. É uma original e se em termos de styling temos de dar o desconto às suas excentricidades, há que lhe gabar a escolha das peças. Este sheath dress com decote-retrato de Vivienne Westwood é de causar desmaios. Styling? Que importa?
Diane Kruger, again: combinar a blusa cortada Carven, estilo anos 50, uma saia de cabedal encarnada Vanessa Bruno de cintura subida e os saltos certos não é para todas, não cai em todas as figuras, mas é uma ideia de mestre.

                                           March 21 2013
Yasmin Sewell: plataforma de boneca, vestido de balão que todas temos no armário de há umas temporadas a esta parte. Não é preciso mais nada - um bâton vivo e está um encanto.
                                          
Alexa Chung: o visual chamou-me a atenção por um motivo simples. Geralmente não sou fã de tecidos irisados, mas há dias um coordenado semelhante veio parar cá  a casa e estava a pensar em modos de o usar com estilo. Não tem nada que saber: um sapato com  classe, eventualmente uma camisa ou lenço branco, atitude e cabelo algo rebelde, para desconstruir o ar demasiado pesado, e está feito.


3 comments:

Pusinko said...

Não me recordo da última vez que gostei de ver animal print em alguém (na rua ou na passerelle). Pessoalmente não uso, e agora dou comigo derretida com este a Eva Mendes. Também gosto muito do sheath dress da Helena Bonham Carter, embora o styling não se compare à primeira.
Estão todos bem escolhidos, mas estes dois surpreenderam-me.

Imperatriz Sissi said...

Somos duas! Quando as peças são bem escolhidas...

Veruska said...

Por acaso não gosto da camisa da Diane Kruger.

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...