Recomenda-se:

Netscope

Wednesday, March 13, 2013

Marcus Licinus Crassus dixit: da ambição

                                         
"Quem aspira a grandes coisas também deve sofrer em grande medida"


E o tio Crassus, grande homem e estratega, mas também um estupendo trampolineiro capaz de vender a própria mãe, sabia um par de coisas sobre a "felicidade" reservada aos self made men que não colocam limites, nem o entrave dos escrúpulos, à ambição que os devora. Até o tio Nicolau, tão amiguinho dos fins que justificam os meios, avisava, via Tito Lívio:

"A ambição do homem é tão grande que, para satisfazer uma vontade presente, não pensa no mal que pode resultar dela".

Quanto a mim, que não sou uma estratega de renome, nem a mulher mais rica de Roma, nem uma pensadora, digo de mim para mim que a ambição, quando não é acompanhada de uma pitada de ética e de carradas de nobreza, não vale um chavo. Há algo de precioso em ser capaz de se olhar no espelho todos os dias, em subir de pé e em não precisar de lavar constantemente as mãos demasiado sujas - ou de retocar o verniz que estala por todos os lados. Easy comes, easy goes... como prova a História.



1 comment:

lena said...

Concordo plenamente. Regra geral a ambição desmedida de não olhar a meios para atingir os fins não costuma acabar bem.
Beijinhos grandes.

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...