Recomenda-se:

Netscope

Thursday, March 28, 2013

Sócrates again?

                  

Já não bastavam os aborrecimentos particulares de cada um.
Não me chegava a neura.
Não me bastava a enxaqueca que não faz o favor de me desamparar a loja.
Não bastava a chuva.
Não bastavam as doidices que tenho de aturar e que não lembram a ninguém.
Não chegava a crise, e as manifestações por causa disso, e a Grândola Vila Morena, Vade Retro, que diz que até o Chipre está às avessas  - e quando um local mitológico, romântico e sossegado como o Chipre está nesse estado é mesmo sinal que o Olimpo anda contra nós; 
Não eram suficientes as pessoas que andam por aí a dizer "o comer" e coisas assim, a destruir os tímpanos e a paciência aos outros.
Não, nada disto era suficiente. Tinha de vir o Sócrates atormentar as almas. E sem mudar de alfaiate, ainda por cima. 
 Vale-me que eu sou uma pessoa que vê pouquíssima televisão, ouvir muito menos, e que consegui escapar à onda de terror geral. Terror, só aquele fato. Passa-se alguma coisa com aquelas ombreiras ou com a falta delas que eu não consigo perceber. Ou há pessoas que fazem questão de parecer um chupa-chups quando vestem fato, talvez para demonstrar que têm uma grande cabeça recheada de ideias para o país. Senhor!

3 comments:

Belle du Jour said...

Do que vi, não disse nada que se aproveitasse.

caracois indomaveis said...

HAHAHA gosto do "o comer".

Uma das coisas que me põe os caracóis em pé é a maneira como maltratam o verbo HAVER! Pobre desgraçado!
Ora aí está um belo tema para um post, Sissi.

Imperatriz Sissi said...

@Belle - eu não vi nada. Já sei o que sai dali...
@Caracois: ui, o verbo haver dava um post, se dava. "Há-des cá bir", por exemplo...quanto ao "comer" odeio, odeio, odeio. Só há uma excepção que é aquele ditado popular giríssimo "à hora do comer, sempre o Diabo traz mais um".

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...