Recomenda-se:

Netscope

Tuesday, April 16, 2013

Momento novela mexicana do dia

"Clara Luísa, você mi traiu com o João António!" * versão dobrada em brasileiro*

                                     
Na faculdade, Guionismo foi uma das minhas disciplinas preferidas. Tive o privilégio de me calhar um professor excelente, antigo roteirista da Globo. Era bastante exigente connosco e um dos aspectos  que frisava mais era o ponto de virada - aquele momento em que o enredo, depois de adensar, dava uma reviravolta que desenvolvia toda a estória. Forjar um  ponto de virada credível e apelativo era, para mim, o maior desafio na criação de um argumento. A história tinha de bater certo e ao mesmo tempo, manter o espectador/leitor em suspenso - processo que exige imaginação, mas também lógica. 
 No entanto, há pessoas que, sem nunca terem estado na área, deviam trabalhar em guionismo e nem sonham a estupendaça carreira que andam a perder ... porque constroem argumentos absolutamente mirabolantes, dignos de aplauso, na vida real. São capazes de engendrar os motivos e os pontos de virada mais delirantes. Vão buscar segredos ocultos que explicam tudo de uma forma que deixaria os autores de dramalhões mexicanos roídos de inveja, arranjam efeitos especiais onde ninguém se lembra, põem a audiência a chorar baba e ranho, juram que o branco é preto e que o preto é branco, viram o enredo todo do avesso com uma pinta enorme. Descobre-se que, afinal, o vilão era o bonzinho da história: andou foi a fazer de agente duplo o tempo todo, pois 
pasme-se, ele é que sabia o FATAL segredo da  heroína, que vai-se a ver não era uma donzela sofredora mas uma Mata Hari calculista e pérfida, de casa e pucarinho com o verdadeiro mau da fita, enquanto fazia olhos de bambi para as câmaras, com o rímel a escorrer devidamente pela cara abaixo. Bravo. 

No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...