Recomenda-se:

Netscope

Wednesday, May 1, 2013

Persona non grata: lista de intocáveis em elaboração

                                                  
Em várias culturas, os antigos manuais/regras de comportamento recomendavam listas de pessoas a evitar. "Intocáveis" que só atraiam problemas e a quem não convinha dar o mínimo de confiança. Por vezes as razões para isso eram assaz disparatadas (um velho livro muito conhecido recomenda fugir das "mulheres demasiado brancas ou demasiado pretas", vá-se lá saber porquê) mas a ideia geral era evitar sarilhos futuros. De modo que - sendo que os critérios de cada um só dizem respeito a cada um - vou elaborar a minha própria lista, fixá-la no frigorífico com um ímane espalhafatoso para garantir que a leio todas as manhãs enquanto a minha mente está fresca e impressionável e se eu (por tolice, excesso de bondade ou ingenuidade) quebrar a minha jura, são livres de me atirar ovos. Aqui fica um rascunho:

- Pessoas que são amigas de toda a gente, e que não vêem mal nenhum dar-se com gente de moral/ar/background duvidoso ou pelo menos, com quem não se aprende nada.

- Gente que adiciona todo o bicho careta nas redes sociais.

- Gente que fala com 20 bichos caretas ao mesmo tempo nas redes sociais, e mantém 20 janelas de chat abertas ao mesmo tempo.

- Pessoas que, ainda que remotamente, manifestem hábitos/gostos aburguesados, reles ou apimbalhados. Já detalhei esses hábitos recentemente e a bem de não me arrepiar, não me repito.

- Seres do sexo masculino que usam calças brancas de linho na rua, à padeiro, e se fazem acompanhar por pessoas vestidas de lycra. Pode parecer estúpido mas dá tanto azar, tanto azar, que não fazem ideia. E se tiverem poupas com gel, nem bom dia nem boa tarde.

- Gente que tem a mania que os pobrezinhos/humildes (eles próprios incluídos) são santos e os outros o bicho papão, mas que faz tudo para ficar no lugar daqueles que critica. O arrivismo é uma doença.

- Gente que não vê os limites das relações profissionais, e se aproxima demasiado, e é inconveniente nos comentários/abordagens que faz.

- Pessoas que entram nos sítios sem serem convidadas, que se fazem de convidadas, etc...

- Gente que se dedica a vendas esquisitas. Dentro da legalidade, mas esquisitas. E chama a isso "ocupação".

- Gente que aplaude ruidosamente, só para mostrar apoio a quem lhe convém, por mais maçadora que a apresentação seja.

- Pessoas ansiosas por agradar.

- Pessoas que são "regadores": ouvem de um lado, entornam para o outro.

- As vítimas da vida, que se queixam de tudo e a toda a gente, e a culpa é sempre dos outros. E fazem isto nas tais 20 janelas de chat abertas ao mesmo tempo numa rede social qualquer. E falam ao telefone. E dizem "estou a trabalhaaaaaar!" enquanto elaboram planos infalíveis para chatear gente decente.

- Macacos de imitação, do estilo "tens um blog, por isso também vou fazer um só para mostrar que sou melhor que tu". Depois alimentá-lo é que são elas, que os blogs são como os tamagochis...

- Mulheres da luta, é escusado dizer...mas mais do que isso, pessoas que digam um "bom dia" que seja a um ser desse género. 

 Vou pensar melhor, porque ainda devo ter itens a acrescentar. E a vossa lista de "intocáveis", existe?













1 comment:

caracois indomaveis said...

HAHAHA

"Regadores" lá na minha rua eram os mentirosos.

"Bajuladores"
"Subservientes"

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...