Recomenda-se:

Netscope

Sunday, June 9, 2013

As coisas que eu ouço: telemóvel?

                          
Uma senhora de certa idade, minha amiga, tem por hábito atender o telemóvel quando o rei faz anos. Há dias, precisando nós de um recado que ela tinha para nos entregar e não a encontrando em casa, tentámos, tentámos e tentámos telefonar-lhe, sem sorte. Só nessa noite - quando lhe ligámos para o número fixo - conseguimos contactá-la.

- Então, D. X, que se passou, que nunca nos atendeu?

- Ah...é que tinha deixado o telemóvel em casa, e tinha saído...

- Mas então...o telemóvel não é para andar consigo, até para o caso de acontecer alguma coisa?

- Bom...mas é que se o trouxer para a rua, perco-o! - respondeu, toda convicta da sua lógica.

Realmente...diferentes gerações têm ideias bem díspares quanto ao uso a dar às engenhocas do nosso século. Se o telemóvel só serve para estar em casa, para que o quererá a senhora? Para o acrescentar aos 1001 bibelots que já lá andam? Para trocar SMS com as amigas enquanto vê televisão no sofá? Cada uma...


1 comment:

*C*inderela said...

Já a minha avó leva o telefone fixo sem fios para a vizinha e à rua (quando é próximo de casa) :P

Bjokas.

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...