Recomenda-se:

Netscope

Saturday, July 6, 2013

Menos é mais...e não sou eu que o digo.

natalia vodianova e Antoine Arnault

As imagens falam por si. Há muito que suspiro por ver mais classe e menos excentricidade gratuita nos bastidores dos desfiles. Porque tenho saudades dos tempos bon chic, bon genre em que os convidados iam assistir aos eventos como quem vai a um enterro - tinha outra graça - e porque a excentricidade não é para quem quer, mas para quem pode. Também convém que haja respeito pelo espírito da Casa anfitriã (neste caso, Chanel) e quanto mais selecionada a assistência, quanto menos circo, melhor. Se nas semanas de moda começarmos a ver novamente gente bonita, bem vestida e normal (o que não tem nada a ver cm ser aborrecido) podemos esperar que a elegância e a moderação voltem à blogosfera e às ruas. Deixem-se as extravagâncias para quem sabe e pode, e aposte-se na elegância que cai bem em toda a parte. (Nota bene: O cardigan comprido sem mais nada de Rihanna (abaixo) foi uma excepção à regra, mas é uma evolução e salvam-se os sapatos. Número Josephine Baker, que dançava horas a fio vestida só com um bikini de bananas ou um casaco de peles?).



natalia voadianovajulia restoin-roitfeld e astrid muñoz
alexa chungvirginie ledoyan
naomie harrismiroslava duma
uma thrumanolivia palermo

No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...