Recomenda-se:

Netscope

Wednesday, July 10, 2013

Ulyana Sergeenko, Imperatriz para imperatrizes do século XXI.


look-fashion-hola-folklore 1
 
Quer-me parecer que com esta senhora, a arte regressou à indústria de moda. Faz falta o sonho. Faz falta um conceito, associado à fantasia e à alfaiataria perfeita. Já a tinha mencionado porque apesar de eu ter certa resistência a novos designers, o seu trabalho me conquistou de imediato: eis uma mulher que desenha para mulheres, com aspecto e formas de mulheres, que faz roupa para si para si mesma (nada como uma mulher para verdadeiramente compreender outra) e que vai buscar a inspiração às épocas e cenários que celebram a verdadeira feminilidade: o século XIX, a Belle Époque, a Idade Média, os anos 1950. Sem nenhuma ordem especial, aqui ficam alguns exemplos (e todos deste ano) que confirmam a ideia: é muito raro que quase tudo o que uma criadora faz seja de perder a cabeça. Mas Ulyana consegue-o. Colecções de perder a transmontana - fatais, como certas mulheres.
 
 
 


1 comment:

Inês Maria Rocha Gonçalves Moura de Sousa said...

De facto que trabalho fantástico o desta senhora. Fiquei encantada. Gosto de roupa para mulheres com curvas: cintas marcadas ancas realçadas, decotes elegantes, estas roupas são uma ode ao feminilidade.

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...