Recomenda-se:

Netscope

Friday, November 1, 2013

Não é difícil conhecer as pessoas.

                            

Quero dizer, conhecê-las o suficiente, rápido o suficiente, para confiar ou não nelas. Basta reparar-lhes nos gostos, nos hábitos, nas companhias, no trajar, nas preferências. Fazer um exercício de profiling com atenção aos seus padrões de comportamento, à forma como tratam as pessoas, sobretudo aquelas que não estão a tentar impressionar. Não há ninguém que não revele inadvertidamente muito de si nas primeiras impressões. São as pequenas coisas - as pequenas desculpas, as pequenas gentilezas, as pequenas mentiras, as pequenas gaffes, as pequenas lealdades, os pequenos faux pas - que dizem tudo, se quisermos ver. É só usar o poder de observação e o instinto, evitando o mais possível o wishful thinking. Fazendo isto, temos uma filtragem automática  perfeita, evitando-se muitos inconvenientes. O pior é que às vezes não o fazemos. Elementar, meus caros.

No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...