Recomenda-se:

Netscope

Saturday, December 28, 2013

Shakespeare sabe tudo sobre o amor, mesmo aquilo que não se sabe.


  • "Look, you embarrassed the girl. 

    Sacrifice yourself on the altar of dignity

     and even the score".

    Por estes dias vi um daqueles filmes que nos escapam não se sabe como, e que nos deixam a pensar como pode ter sido tal coisa, já que não podia ser mais feito a pensar em nós.

    10  Things I Hate About You parece uma daquelas comédias americanas adolescentes iguais a tantas outras mas é nada mais nada menos do que baseada numa das minhas obras preferidas do Bardo - The Taming of the Shrew - tem um elenco óptimo, com uma química extraordinária entre o casal protagonista (o malogrado Heath Ledger empresta profundidade até às cenas cómicas, dando um excelente Petruchio) e está recheado de alusões e citações Shakespearianas "I burn! I pine! I perish!").

    Ou seja, se ignorarmos os aspectos mais datados da estética algo sem graça do final dos anos 90  temos a história de amor tempestuosa entre Katherina e o Cavalheiro de Verona contada de uma forma com que qualquer um se identifica. Afinal, o amor-ódio nunca passa de moda. E pessoalmente, sempre achei que tenho algo de Katherina...como creio, qualquer mulher que seja senhora do seu nariz.
     Mas a moral do filme está toda na frase acima: o amor exige, muitas vezes, deixar cair as máscaras, pisar o orgulho e porque não, fazer figura de parvo (a). Ou adorar o mesmo que se detesta, numa equação que ninguém explica. Mas Shakespeare anda lá perto.

2 comments:

A Bomboca Mais Gostosa said...

Eu por acaso gostei bastante desse filme. E o falecido Heath Ledger estava excelente.

Imperatriz Sissi said...

Um dos melhores que vi nos últimos tempos, pelo menos dentro do género. Mas sou suspeita!

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...