Recomenda-se:

Netscope

Wednesday, February 26, 2014

As desavergonhadas das bonecas vão de mal a pior.




Ontem, num giro pelo supermercado, perdi algum tempo a olhar para as bonecas (salvo seja...) e voltei de lá algo confusa, a pensar se tinha visto bem: não sei se já repararam, mas nem o pobre Pequeno Pónei escapou à febre de "fashionização e teenagerização" (perdoem a liberdade criativa) dos brinquedos. Pois é, meninos e meninas, os últimos Pequenos Póneis são...humanoides. 

Mutantes adolescentes serigaitas com pernas humanas, cascos escondidos em botifarras, mini saias curtíssimas, focinho de cavalo,orelhas a condizer,  cauda e tudo! Sinistro, não? Ou confuso, no mínimo. 

Fiquei ali um bocado, apatetada, a ver se tinha percebido bem. Tinha. 
E felizmente, parece que não está tudo maluco (só mesmo os brinquedos e quem os fabrica)  pois já houve mais gente - e jornais - a indignar-se com a brincadeira.

Não sei de onde tiraram a ideia de que para que um brinquedo venda actualmente, tem de parecer teenager - seja uma fashion Doll tipo Barbie, ou um Nenuco - ter olhos gigantescos estilo manga, pernas de girafa, grandes sapatões, meias de rede, cabelo enorme e às cores tipo street style japonês e trapos demasiado sexy, à la Spice-Girl-em-casa-de-mau-viver. 

Olha-se para as bonecas e o ruído visual é tanto que uma pessoa pensa se a ideia é inspirar as meninas a  tornar-se strippers ou a juntar-se ao circo.

Começou com a  introdução das Bratz cabeçudas e meio despidas; a Barbie lançou a linha My Scene (um pouco menos cabeçudas, mas igualmente desengonçadas) para fazer concorrência, depois vieram flausinas bruxas, flausinas fadas, Monstros sexy, as filhas das personagens dos contos de fadas que agora andam no liceu e são muito rebeldes,  e entendeu-se que tinha de ser tudo a condizer: já deram cabo dos Pinipons, da Polly Pocket, das Barriguitas (que estão muito menos barrigudas) é tudo féxion, minha gente.

Só lhes faltam carteiras Chanel falsas - ou "malas" Channel  - como as de algumas bloggers de moda da treta que vejo por aí. 

Citando Eça de Queiroz, até as desavergonhadas das bonecas. Que se seguirá?

2 comments:

Inês Maria Rocha Gonçalves Moura de Sousa said...

é nesta altura que eu gosto de ter um filho rapaz. Os carros felizmente melhoraram bastante e os monstros continuam a ser monstros e no geral os brinquedos de rapaz melhoraram por oposição aos das meninas, que se tornaram em tudo o que acabou de descrever tão bem.

Tania Argent said...

Eu adorava o Pequeno Ponei :(
Que treta o que fizeram... -.-
No meu tempo as Barbies tinham classe! Acho que cada boneco com o seu estilo! Andam a perder a essência!

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...