Recomenda-se:

Netscope

Wednesday, March 19, 2014

Mas será possível?!


Que as coisas se juntem todas? Isto parece uma Lei de Murphy. Numa semana em que uma pessoa tem de viajar de um lado para o outro, arranjar malas e saquinhos, comparecer aqui e ali e outros trolarós é que lhe acontece tudo; tem de chegar a todo o lado, ter mil mãos e um cérebro super sónico, fazer serão, chegar tardíssimo e andar em modo alucinado para rematar alguma coisinha de jeito. E isto, ladies and gentlemen, com boa cara (e cara alegre) sem um cabelo fora do sítio e o visual como manda o figurino. Que remédio há, em certas coisas não se arranja - e nem se quer - quem nos substitua. 

 A questão aqui é que eu aposto convosco que numa semana normal, em que não há compromissos de maior nem passeios marcados as outras tarefas, secundárias, chatas e peganhentas, também não lhes dá para aparecer. O telefone fica caladinho, ninguém se lembra de nos pedir nada, é um descanso que roça o tédio. Mas se surgem uma ou duas coisas na agenda? É até vir a mulher da fava rica. Os afazeres são como o sofrimento: adoram companhia. Abyssus abyssum invocat, salvo seja. 

O remédio é uma alma armar-se de paciência heróica, de uma calma diabólica e ir riscando as coisas da lista conforme vai cumprindo cada trabalhinho de Hércules, enquanto reza para os seus botões que uma senhora não sente dor, nem frio, nem calor (nem cansaço, nem sono, nem vontade de jantar a horas, nem de se atirar miseravelmente para cima do sofá que nem um saco de batatas). Isso, ou repetir o mantra calmante da outra: Prada, Gucci, Dior, Armani, Chanel, e assim por diante, sem grande insistência que é para não cair para o lado antes de estar tudo feito. Ufff.


No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...