Recomenda-se:

Netscope

Wednesday, March 12, 2014

Once again, Sissi, vê se aprendes.

         
Rasputine, o maluco mor

  
                 “Never argue with a fool, onlookers may not be able to tell the difference.”


                                                         Mark Twain

Já disse mil vezes a mim própria, e já o escrevi algures por aqui, que tenho de aprender que não se discute com maluquinhos. É tempo perdido, esforço baldado, não se chega a lado nenhum e poucas coisas me afligem/cansam/exasperam tanto como argumentar contra quem não tem lógica. Mas ora porque sou obrigada a isso - afinal, as pessoas que não tomam as gotas andam em toda a parte e às vezes é preciso lidar com elas em cenários supostamente sérios - ora porque a tentação é grande, volta e meia lá vou eu outra vez.

 E digo "a tentação é grande" porque às vezes, na discussão com um doido, nos vemos (eureka!) armados de um argumento irrefutável para resolver uma situação que não tem nada que enganar. Preto no branco. Sim ou sopas. E pensamos "Apanhei-te! Até que te pilhei! desta vez não escapas,  ao menos desta feita vai-se tirar alguma conclusão minimamente sã"....e zumba, outra voltinha no carrocel. 

Porque julgam o quê, que o doidinho (ou doidinha) 
vai anuir, resolver o caso, pôr fim às causas de tanta maluqueira, agir como uma pessoa ajuizada? Tirem daí o sentido. É capaz de responder que temos a razão toda mas continuar exactamente na mesma. Deixar assentar a poeira e esperar que quem está cheio de razão mude de ideias entretanto. E ficar muito surpreendido quando percebe que não, armar uma cena, e dizer que os outros é que são desarranjados ou difíceis. Calar-se bem caladinho e dali a dias vir com a mesma conversa como se nada se tivesse passado ou os outros falassem para o boneco, por desporto... porque nenhum descompensado leva os outros a sério. E continuar alegre e feliz, enquanto vai reservando uma cama extra no manicómio para quem se dá ao trabalho de o tentar chamar à razão. De génio e de louco todos temos um pouco, mas discutir com génios sempre é capaz de ser mais produtivo. Ameaçador para a auto estima, mas produtivo.

No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...