Recomenda-se:

Netscope

Wednesday, May 21, 2014

O homem da casa.


É um valente egoísta, um egocêntrico de marca maior, controla tudo o que se passa, acha que põe e dispõe, é absorvente, exige atenção, quer o sofá à disposição de sua excelência, espera os melhores petiscos à hora que lhe dá jeito, marca território, porta-se mal mas
 acha-se com direito a todos os mimos, abusa e depois vem com festinhas a pedir desculpa...em suma, faz com que uma mulher se arrependa de abdicar da sua independência e supremacia. E com que jure nunca mais olhar para seres grandes, com olhos expressivos e cabelo comprido e escuro. Mas é tão fofinho.  E uma pessoa não é de ferro, perdoa tudo, e pronto, lá cede aos carinhos depois de ter dito pela milésima vez "não me voltas a enganar, malandro".

 Mas quem é que consegue zangar-se com uma coisinha tão fofa....



...destas? 

A ala masculina, a tirar a paciência à outra metade desde que o mundo é mundo, não importa de que espécie seja.

5 comments:

Inês Sousa said...

Foi por estas e por outras que arranjei três meninas de quatro patas para me fazer companhia e dar-lhe cabo do juízo a ele (assim se obtem o equilibrio do universo) :-)

Opinante said...

So cute :P

Sandra Marques de Paiva said...

hahahahaha. Demais. Tenho uma em casa assim também, mas é feminina :)

Sérgio S said...

Não era branco o gato?

Imperatriz Sissi said...

Lá em casa há uma menina, e apesar de esterilizada e pouco para brincadeiras, todos são apaixonados por ela-

Obrigada a todos pelos elogios ao Maggie (tem este nome andrógino porque era tão peludo que a início os anteriores donos não sabiam de que sexo era...).

Sérgio, o branco é outro ;)

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...