Recomenda-se:

Netscope

Saturday, June 28, 2014

Cristiano Ronaldo dixit (um ponto pela sinceridade)


Pérola encontrada hoje numa revista del corazón da nossa praça (isto no cabeleireiro, bem entendido). 
Pois bem, vocês que por aqui passam sabem que eu sou toda a favor da beleza e muito contra hipocrisias. Beleza é dote, já se sabe, e como dizem as espanholas, la suerte de la fea, a la bonita le vale madres. 
   Depois, é claro que do menino Cristiano não se espera que ande à procura de uma grande profundidade intelectual, de subtileza e saber estar: calha que encontrou uma mulher que -sorte ou azar dela -além de bonita é culta e com dois dedos de testa (o que não lhe tem feito senão bem, sou obrigada a admitir, embora tenha para mim que é uma grande ajuda não perceber metade do que a Irina diz) mas... devagar com o andor. 

  Ouvir da cara metade que se é a mulher mais bela do mundo é muito agradável, muito lisonjeiro, mas se calhar sabe bem sentir que se tem qualquer coisita para além disso. Sem querer cair no discurso da objectificação da mulher mas já caindo, parece que está a falar de um carro ou coisa que se pareça.

 Então o que ele procura é só a beleza? E se a rapariga fosse uma malcriada, uma desarranjada, não gostasse de tomar banho, o tratasse mal, chamasse bola de unto à senhora Dolores (não sei como isso se diz em russo, mas vá) lhe pusesse o filho a limpar escadas, descascar batatas e a dormir no armário estilo Harry Potter quando ninguém estivesse a ver,  o enganasse com o carteiro, fosse burra como um urso - não digo burrinha, isso se calhar era para o lado que o Ronaldo dormia melhor e não se estragava casa nenhuma, mas ursa a pontos de lhe deitar fogo à maison de trinta quartos por não saber desligar o babyliss ou coisa assim, descompensada e má como as cobras...estava tudo bem?

  Além disso, a beleza não está garantida. Imagine-se, o diabo seja cego surdo e mudo, que ela deixava de ser linda ainda que temporariamente. Malas à porta e encomendava-se um modelo novo, era?

 A menina, que parece ser inteligente, fie-se no rapazinho, fie. Ao lado do Ronaldo, o Amadis de Gaula era um doidivanas. Roi-te de inveja, Oriana, perante Irina, a Sem Par!

[É sarcasmo, é- digo eu não vá o Ronaldo ler isto enquanto corta a crista (nunca se sabe porque a internet e o clipping são coisas cheias de surpresas) e ficar todo vaidoso a achar que alguém o considera "o mais fiel de todos os amores". Fique-se com o melhor do mundo no que concerne à bola, e cara alegre].


1 comment:

Sara Silva said...

uma coisa que me intriga nessa relação é: como é que eles se entendem? pelo que sei o Ronaldo não domina propriamente a língua universal, em relação à Irina não sei. se calhar é por isso que ele aprecia a beleza dela acima de tudo, não sabe o que lhe sai da boca para fora...
(momento má língua do dia, ahahah)

beijinhos!

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...