Recomenda-se:

Netscope

Sunday, June 15, 2014

Vox populi, vox Dei: gente muito boazinha.

Jan Steen, Crianças ensinando um gato a dançar ou A lição de dança  c. 1665-1668

"Casa sem gato nem cão é casa de velhaco ou ladrão"

(Dito popular do sec. XVII)

Vá, ladrão não digo, mas quem não gosta de animais não pode ser boa pessoa. Pior ainda são as criaturas que se repenicam todas, achando que fazem um figurão, quando dizem "eu gosto é de crianças", "não temos de nos preocupar com a bicharada quando há crianças com necessidades" ou mais disparatado ainda "eu não gosto de animais, só gosto de plantas".

 Como se ter animais em casa não fosse o melhor treino do mundo para quem quer responsabilizar-se por uma criança, ou as crianças não aprendessem lições de vida por começarem cedo a tomar conta de outro ser vivo. Ou - enganem-me, que eu gosto - como se quem é capaz de abandonar um animal indefeso, ou não se preocupar se um bichinho ou uma planta tem calor ou sede, fosse capaz de se ocupar de alguém que esteja a seu cargo. Até poderá fazer aquilo a que a lei ou a pressão social obrigam, mas mais do que isso não creio. 

 Quem não tem empatia numas coisas, não pode, por uma questão de lógica da batata, ser meigo e sensível nas outras. 

 Talvez me engane, mas acho que não há áreas cinzentas nestas coisas e quando ouço alguém falar assim, só me ocorre responder: então tenho pena das suas plantas/crianças/tamagotchis. E também não gosto nada de si!

Boas e santas almas, sem dúvida...



2 comments:

A Bomboca Mais Gostosa said...

Sem dúvida. Não consigo confiar em pessoas que não gostam de animais. Liga-se um interruptor no meu cérebro que me avisa que dali não deve vir coisa boa.

anovsca said...

Ora aí está. Tão bem dito!

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...