Recomenda-se:

Netscope

Friday, July 18, 2014

Desculpem lá, mas o ciúme é mesmo coisa do Príncipe das Trevas.



Não querendo fazer aqui sermões mas enfim, a minha imaginação tende a voar um pouco, estou mesmo a ver o demónio disfarçado (como naquele vídeo giríssimo com a música dos Rolling Stones em que o Príncipe deste Mundo e Pai da Mentira se diverte a causar zaragatas e a fazer estragos) num cantinho, a rir às gargalhadas de cada vez que vê pessoas desavindas por um motivo tão estúpido. Não estou a inventar, vem na Bíblia e tudo, olhem:

  "Porque onde há ciúme e sentimento faccioso, aí há confusão e toda obra má"
(Tiago 3:16)

Tenho para mim que deve valer-lhe a pena, ao Tinhoso,  deixar o conforto dos seus domínios infernais só para vir cá acima fazer a cabeça dos crédulos, encher-lhes o cérebro de patacoadas, espalhar mentiras e fazer cizânia. Ganha o dia, o malandro. São pelo menos duas almas que mete no Inferno, é limpinho.
 E se o ciúme for causado por mexericos, então...como os mexericos raramente se cozinham sozinhos, deve facturar mais umas quantas. E sem grande esforço porque qualquer um, por muito bom que seja, está sujeito a ter ciúmes. 

Cruel é o furor e impetuosa a ira, mas quem pode resistir ao ciúme?” (Provérbios 27:4)


Até o Rei Salomão, o mais sábio de todos os homens, não escapava com a sua inteligência às agulhadas do sentimento de posse; por isso,  no meio das cantorias de amor lá ia avisando a sua eleita (como se ele não tivesse um harém cheio de concubinas - estão a perceber aqui a desigualdade da coisa?): minha querida, gosto muito de ti, mas se dás um passinho fora da linha vais ver o que te acontece.

"Põe-me como um selo sobre
o teu coração;
como um selo sobre o teu braço;
pois o amor é tão forte quanto a morte
e o ciúme é tão inflexível
quanto a sepultura.
Suas brasas são fogo ardente
..."

(Cântico dos Cânticos, 8:6)


Moral da história: contra o Monstro de Olhos Verdes, nem reza brava. Ou há juízo e confiança, ou nem o Bom Livro acode aos ciumentos. Limita-se a constatar os factos...

No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...