Recomenda-se:

Netscope

Tuesday, August 5, 2014

8 cosméticos de que toda a rapariga precisa (mesmo que ainda não saiba)


Embora as casas de cosmética divulguem novidades todos os meses, tentando viciar-nos na última-fórmula-imprescindível-sem-a-qual-vivíamos-lindamente-até-aqui, uma mulher experiente na matéria sabe que a sua mesa de maquilhagem não precisa de abarrotar de coisas- ou pelo menos de coisas novas que não sabe muito bem para que servem. Pessoalmente o meu toucador está mais preenchido do que seria aconselhável, mas quase tudo são produtos testados e aprovados que se compram em quantidade, não vão as marcas lembrar-se *mais uma vez* de os descontinuar de um momento para o outro.

 Se ainda não encontraram as vossas versões insubstituíveis destes 8 produtos (ou não costumam usar alguns deles) recomenda-se que os incluam rapidamente na vossa lista de compras.

1- Uma base de confiança

Uso: diário.

Líquida, em creme, stick, etc...(e quem diz base, diz BB ou CC Cream). Podemos ter várias e mais não sei quantos correctores, primers, pós e assim por diante mas todas precisamos da panaceia que tem a cor certa, a textura ideal, a cobertura que se adapta a nós e que dá à pele um ar tratado e dispendioso em menos de um minuto. Quando se está muito limitada em termos de tonalidades e tolerância como eu, encontrar o fond de teint ideal pode ser uma carga de trabalhos. Neste momento gosto muitíssimo da base mate da Catrice, da mousse da Essence e do BB Cream pálido da Sleek, que nunca falham.

2- Uma boa sombra bege (e uma restante paleta fiável)

Uso: frequente.

...acreditem, não é tão fácil encontrá-la como parece. É certo que actualmente há sombras em lápis ou creme, supostamente mais fáceis de usar, mas nada substitui a velhinha sombra compacta! 
A sombra de um tom equivalente ou ligeiramente mais claro que a nossa pele, mate (ou seja, sem qualquer nacarado)  bem pigmentada e fácil de espalhar é um básico para muitas maquilhagens de olhos - do smokey eye a desenhos mais sofisticados. Durante anos fui fiel à baratíssima e muito eficaz Constance Carroll, que nenhuma sombra toda pipi conseguiu substituir...actualmente, como essa marca se tornou complicada de encontrar fora do Reino Unido,  gosto de uma da Catrice e vou usando outras de marcas profissionais ou de perfumaria, sem destaque especial. 
  Paletas de tons nude (do bege ao preto) e outra de cores vivas (para quem gosta de inventar) também são essenciais. Muita gente não se lembra que pode usar a sombra (preta, castanha escura, antracite...) como eyeliner ou kajal, aplicando-a com um pincel fino ou de esfumar pequeno. É mais natural e durável. 

3- Bons pincéis

Uso: diário.

 Podemos usar a maquilhagem mais luxuosa, mas sem pincéis e esponjas de qualidade não há habilidade que valha. Recentemente começaram a surgir opções muito acessíveis, como a Gosh ou a Ubu, que têm pincéis óptimos e são uma alternativa, quanto mais não seja para nos libertar do "pânico de perder um pincelinho que custou os olhos da cara".

4- Óleos mágicos

Uso: diário/ocasional

Baratinhos, baratinhos e valem um cavalo na guerra. As nossas avós já sabiam estes truques, mas  actualmente...muita gente se esquece deles ou compra cosméticos caríssimos à base dos mesmos ingredientes (que pouco mais adiantam) para fazer o mesmo efeito. O óleo de amêndoas doces é fabuloso para retirar toda a maquilhagem sem agredir mesmo a pele ou olhos mais sensíveis - been there, done that. Basta limpar o excesso e finalizar com água de rosas, água termal ou o tónico do costume. Além de deixar a pele hidratada, com o uso continuado ajuda-a a expulsar as impurezas. Há quem utilize óleo de camélia ou de alperce com o mesmo fim, mas ambos são mais difíceis de encontrar. Isto é um dos usos possíveis, mas serve para muito mais coisas.
 Já o óleo de rícino convém usá-lo nas unhas, nas pestanas com frequência para impedir que enfraqueçam (e ajudá-las a crescer espessas) para fortalecer as sobrancelhas e corrigir asneiras nas ditas ou como máscara para o cabelo: fortalece, ajuda-o a crescer mais depressa e dá um brilho polido lindíssimo. É um bocadinho pegajoso, mas retira-se bem e vale o sacrifício.

4 - Blush natural

Uso: frequente.

Um toque de blush em pó bem aplicado dá um charme enorme, mas sou-vos honesta: é muito fácil pintar-se sob a luz errada e sair por aí corada demais. As versões em creme/ stick (a Kiko, Burberry ou Basics/Clarel têm uns laranjas lindíssimos) ou tinta, como o famoso Benetint da Benefit ou a Blush Tint da Catrice (que é basicamente a mesma coisa) dão o rosadinho que se quer mesmo às mais trapalhonas. 


5- Trio para fazer beicinho

Uso: frequente.

Eu não passo sem bâton - principalmente encarnado ou laranja - mas recomendo que o acompanhem com um bom lip stain (que poupa a maçada do delineador tradicional, dá uma boa base de cor e dura 24 horas) e um gloss volumizador (lip plump). Nas meninas de lábios cheios, realça essa característica e nas de lábios mais finos dá aquele ooomph que falta. Mas não é tudo: como activa a circulação, ajuda a manter a juventude da boca e a ressaltar o seu colorido natural.

6 - Uma boa máscara de pestanas

Uso: diário

Por mais que inventem visuais que não realçam as pestanas, acho que isso nunca vai pegar...todas precisamos de uma máscara à prova de bala e de borrões. Embora se inventem novas constantemente, a melhor opção são sempre as de volume (que também alongam e fazem tudo o resto).

7 - Um desmaquilhante expresso...e toalhitas desmaquilhantes

Uso: diário

Ninguém se pode dizer livre de pecados de beleza, mas dormir maquilhada é tão incómodo que não sei como ainda há pessoas que o fazem!
  Porém, como ninguém gosta de sofrer (nem de arrancar pestanas) os melhores são os que têm algum óleo na composição, para fazer o frete um ápice. Estou encantada com o da Essence que se pode usar sem dó e que retira até tatuagens (bom, quase). A água micelar é outra moda recente que funciona bem em peles sensíveis (usei a da Diadermine e gostei; fórmula inócua para peles reactivas).
 Já as toalhitas não é indicado usá-las constantemente: ninguém me convence que limpam com a profundidade desejada ou que deixar os resíduos do produto na pele seja boa ideia, mas em SOS depois de um longo serão, ou para ter no toucador enquanto se maquilha e remediar estragos/borrões não há nada melhor. A Garnier, a Primark e a My Label (com óleo de amêndoas doces) têm toalhitas óptimas por um preço ridículo.

8-Água termal

Uso: frequente/ diário

Para finalizar a limpeza, acalmar pele reactiva, para os dias em que se sente a cara a repuxar e usar tónico não parece boa ideia ou em que se apanhou demasiado sol...bom, para quase tudo. Uma pele frágil só tem a ganhar com o uso de água termal.  As melhores são as da Vichy ou Evian - esta última vê-se pouco por cá em spray, mas já encontrei nas lojas Fabio Lucci (que às vezes vende também outras marcas francesas em latas enormes, boas para levar para a praia e abusar como se não houvesse amanhã!).



No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...