Recomenda-se:

Netscope

Thursday, August 28, 2014

Momento "vá-se entender as feministas" do dia: elas embirrram com Sofia Vergara, mas gostam de Nicki Minaj.


As sempre vigilantes feministas foram aos arames nas redes sociais porque a bela e mui feminina Sofia Vergara (que ao que parece, caiu no pecado mortal de dizer que não é feminista) durante o espectáculo dos Emmy, subiu - impecavelmente vestida, assinalemos - a um pedestal giratório para uma rábula sem importância.
 E zás, aqui D´El Rei que é objectificação, que parecia uma Barbie no expositor de uma loja de brinquedos, que não se pode exibir assim um belo derrièrre (devidamente coberto, repito) e assim por diante...enfim, o discurso do costume.
 Curiosamente - como este artigo aponta e muito bem - não se viu grande reacção à prestação de Beyoncé nos VMAs (esta sim, cheia de rabiosques descobertos em ENORME destaque, letras de fazer corar uma cortesã, danças do varão e quadros à Crazy Horse, como podem ver se ainda não viram). Talvez porque a cantora fez questão de colocar atrás de si, em letras garrafais, "FEMINIST". 


 Mais complicado ainda, não houve escândalo com a actuação de Nicki Minaj no mesmo evento...e olhem que ao pé do twerk da menina (basta ver que na capa do single Nicki se apresenta nestes preparos)  Beyoncé parecia uma santa.


 Moral da história: para estas "libertadoras das mulheres" só há objectificação e exposição indecente se a mulher tiver classe e estiver vestida. Contorcer-se o mais desnudada possível é aceitável, é rebelde, é de fêmea (não há outro termo) forte e poderosa que faz o que quer com o seu corpo, e muito obrigada por cima. Go figure. Ou está tudo doido, ou...?




2 comments:

Susana Correia Dos Santos said...

Quem disse que as feministas têm bom gosto? :-)

Sérgio S said...

Depois de ler este post senti-me inspirado em criar o clube de fans do derrièrre da Sofia Vergara. Mas com todo respeito, sempre.

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...