Recomenda-se:

Netscope

Tuesday, September 9, 2014

5 coisas indispensáveis a raparigas de qualquer idade.


Regra geral, todas conhecemos os básicos (do guarda roupa, da beleza e dos cuidados pessoais) que é suposto ter por perto; mas nem sempre se lhes dá a devida atenção e há alguns que é um pecado ignorar: são verdadeiros problem solvers (ou como dizem no país -irmão, "quebra galhos") e fazem mais pela auto estima e por uma rotina eficaz do que muita terapia. Vejamos cinco que me ocorrem assim de repente: 


1-  Bâton vibrante: todo o mundo sabe que qualquer mulher precisa de um bom bâton nude (e quem já procurou, também sabe que achá-lo pode ser tão complicado como descobrir o amor da sua vida). Mas um bâton de cor forte é igualmente importante...e difícil de escolher. 
 Não me refiro à "cor da estação" mas àquele tom de encarnado, laranja ou rosa que ilumina o rosto instantaneamente e que sozinho faz um visual. O bold lip é um look que voltou à ribalta de há uns anos a esta parte, e por boas razões. Em boa verdade, é aconselhável ter dois tons de bâton vivo: um para o dia (quando o nude é demasiado mortiço) outro para a noite. Basta aplicá-lo sobre uma pele uniforme e tratada e já está. Por isso, descubra o seu: vale a pena!



2- Carteira day-to-night: é útil a todas, mas calha especialmente bem a quem tem preguiça de mudar constantemente; uma carteira média com corrente a tiracolo é um básico imprescindível. 
          Mulberry

Nenhum outro modelo passa incólume tão facilmente, seja usado com jeans e uns pumps para um almoço ou de vestido para um cocktail inesperado. As melhores são as de design clássico, material de confiança e ligeiramente maleáveis - para um efeito elegante mas descontraído, estilo "cabe-me tudo nesta carteirinha".



3- A modalidade ideal: no pain, no gain. Sem exercício é difícil ter boa postura, músculos definidos e tudo no lugar. O desafio está em encontrar a modalidade que se adapta ao estilo de vida, metabolismo, silhueta e necessidades de cada uma; descobrir o tipo de exercício que oferece resultados visíveis (nada mais desanimador do que trabalhar meses a fio para ficar na mesma) que não é um sacrifício horrível fazer e em que se pode confiar, vulgo "depois das festas entro no ginásio e recupero a figura num ápice" ou "se preciso de me preparar para um dia especial já sei o que fazer".

 Uma vez descoberto, é um descanso e a preguiça - assim como muitas inseguranças -  desaparece. A umas caem melhor actividades mais divertidas como aeróbica e derivados, body pump ou zumba, porque se sentem motivadas em grupo; outras como eu perdiam a concentração com tanta barafunda, logo preferem exercícios de baixo impacto como yoga, pilates ou ballet; a sós ou acompanhada, no ginásio, em casa ou ao ar livre, o importante é identificar o que lhe faz bem e insiste, insiste!


4- Sapatos nude: uns pumps pretos levam-nos a qualquer lado, um sapato colorido pode animar um visual simples e seguro...mas poucas coisas fazem tanto como um par de pumps, stilettos ou peep toes da cor da pele.
Christian Louboutin
Investir num par - ou mais - de boa qualidade é das decisões mais inteligentes que pode tomar. Primeiro, porque sendo da cor da pele (e convém que o tom seja o mais próximo possível) não se sabe onde começa o sapato e termina o pé, logo alonga as pernas. Depois porque sendo neutro, praticamente invisível, acaba com o dilema "que sapato é que eu uso com este vestido encarnado/magenta/azul às pintinhas?". 
Ou seja, é um sapato discreto que não incomoda ninguém. É aconselhável ter vários modelos - abertos e fechados, casuais e de festa. 

Uma ressalva apenas: não invista demasiado dinheiro nas versões de verniz, porque mesmo as marcas mais exclusivas resistem mal à calçada portuguesa e poucos sapateiros são capazes de remediar saltos esfolados e arranhões num material tão sensível. Pele macia com acabamento ligeiramente brilhante é uma melhor opção.


5 - O soutien correcto...para as várias ocasiões (incluindo para a noite): é impossível estar bem vestida sem uma boa base interior. Dos conjuntos luxuosos para situações especiais às peças indetectáveis para o dia a dia, lingerie que favoreça e seja confortável não tem discussão; mas quando se trata de assegurar a beleza do busto todo o cuidado é pouco. Afinal é uma zona frágil e a gravidade não poupa nem as mais beneficiadas pela mãe natureza. 

Dizem os especialistas que se deve tirar medidas uma vez por ano e comprar novos soutiens de acordo; um bom aconselhamento profissional ajudará não só a escolher os que mais se adequam às suas formas como os que fazem o efeito que se pretende (realçar, dissimular, etc). 
Ainda assim, algumas mulheres que têm esses cuidados esquecem uma regra do tempo das nossas avós: o soutien de dormir não é só para o pós parto, nem para as meninas mais voluptuosas. Os tecidos sensíveis do busto quebram facilmente, por isso convém fazer como Marilyn Monroe, que nunca dispensava a corsetterie quando se deitava (isso de dormir só com Chanel nº5 era mito, juram os biógrafos). Haverá vozes em contrário, mas com tantos modelos confortáveis que nem se sentem, valerá a pena recusar um esforçozinho em prol da beleza?

1 comment:

Ana Andrade said...

Excelentes dicas : ) tenho msm de seguir algumas delas : )

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...