Recomenda-se:

Netscope

Monday, September 15, 2014

A vida é um leasing.



Na Terra, tudo é emprestado: a beleza, a boa forma, o êxito, o estatuto, as lindas coisas que tanto apreciamos e fazemos por ter, enfim, todas as vaidades mundanas. Os nossos esforços para obter e manter tais coisas não são mais que o pagamento das mensalidades do leasing. 

É sensato ter em mente o bom e velho estribilho tempus fugit, memento mori, carpe diem. Trabalha-se para construir um futuro, mas já se sabe - pouco ou muito, alguém herdará. Faz-se ginástica para manter uma bela figura, mas um dia não precisaremos dela. Serve tudo para nos divertirmos enquanto cá estamos, mas não se pode matar e esfolar à conta de coisas passageiras. Do mundo nada se leva. Quem acredita, pode portanto gastar algum tempo a preparar-se para a vida no outro mundo, a pôr a alma em forma aperfeiçoando-se e acumulando boas acções. 

Ora, não quero ser mórbida ou deixar-vos indispostos com isto. Foi apenas um pensamento que me ocorreu a propósito disso de fazer exercício: além das boas acções que contam para a perfeição da alma e para os seus méritos no outro mundo, será que cuidar do corpo garante uma alminha bonita? É que sei lá, ser um fantasma mal jeitoso, um anjo mal enjorcado (salvo seja, porque toda a gente sabe que os anjos já nasceram anjos, mas nunca percebi bem que título é que os humanos assumem quando chegam ao Paraíso) ou vá, para as pessoas que fazem muitas maldades mas também cuidam imenso da imagem, ser um diabo pançudo e gorducho, não cai lá muito bem.

 Ou será que do outro lado cada um assume a forma que dá mais jeito, à vontade do freguês e todos parecem literalmente Anjos da Victoria´s Secret? Como não sei mas temos de viver neste mundo com as escolhas que se fazem (e muito provavelmente enfrentá-las no seguinte) não há outro remédio senão cuidar do corpo e da alma enquanto por cá andamos. Mens sana in corpore sano. Mal não faz...


No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...