Recomenda-se:

Netscope

Wednesday, September 17, 2014

Coisas práticas que se encontram nos contos de fadas #1: a "it bag" da Pele-de-Burro


Em algumas versões mais obscuras da história A Princesa Pele de Burro de Perrault (que é, por sua vez, uma versão condensada de contos mais antigos, como é costume nestas coisas) aparecia um bruxedo espectacular. Claro que as Fadas Madrinhas, génios e companhia são sempre cheios de truques que nos davam muito jeito a todos, mas quando li este em pequena fiquei mesmo encantada: para quem está esquecido dos seus contos de fadas (o que é um erro, porque não se deve deixar morrer a imaginação e as histórias de encantar são cheias de lições valiosas) eu refresco a memória.

 A Princesa Pele de Burro é, de todas as princesas com pouca sorte, a mais infeliz, com problemas familiares daqueles que nos chocam quando aparecem nas manchetes do Correio da Manhã. Aflita para fugir à desgraça do "amor violento [que] pouco liga à prata e ao ouro desde que possa satisfazer-se" a desventurada infanta pede ajuda à Fada Madrinha.



 Graças ao engenho desta, a nossa heroína consegue três vestidos magníficos e impossíveis (um da cor do Tempo, outro da cor da Lua e um terceiro mais brilhante que o Sol) mais uma pele de burro. Vendo-se obrigada a fugir e a usar a pele do animal como disfarce, não se julgue que vai sem bagagem. A boa e esperta Fada arranja-lhe a it bag mais fabulosa de todos os tempos: um baú que segue a dona por baixo do chão enquanto ela viaja, e aparece quando é preciso com um toque de varinha mágica!


"«Eis», prosseguiu ela», uma arca onde vamos meter todos os vossos vestidos, o vosso espelho e produtos de beleza, assim como os vossos diamantes e rubis.  Dou-vos ainda a minha varinha; se a levardes na mão, a arca seguirá o vosso caminho escondida sob a terra.
 E se a quiserdes abrir, mal a varinha tenha tocado a terra, a arca abrir-se-á perante os vossos olhos".


 Já imaginaram viajar de mãozinhas a abanar, só com uma varinha, e ter uma mala mágica que transportasse o nécessaire com o secador e toda a tralha, os sapatos, os porta fatos, o computador e tudo o que quiséssemos meter lá dentro? Sem canseiras nem risco de roubo nem nada? Para não falar que sendo mágica devia adaptar-se a toda a tralha que nos lembrássemos. Isto resolvia-me uma data de problemas. Não sei onde anda essa Fada, mas a Louis Vuitton ou outra casa especializada precisa de a contratar urgentemente. Podia ser Samsonite para quem prefere uma versão prática, não interessa: quero essa arca!








No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...