Recomenda-se:

Netscope

Wednesday, September 3, 2014

Estilo infalivel para dias de preguiça (ou de pressa): Model off duty


As manequins, um pouco como as bailarinas, ganham a vida aperaltadas - saltos vertiginosos, muita maquilhagem, cabelos em constante e cansativa mudança, toilettes exigentes - por isso, nos seus momentos de lazer, optam geralmente por um estilo simples e muito chic, a que se junta a beleza do seu porte.

É um visual espartano, que fascina os seguidores atentos da indústria de moda pela ausência de pretensão...e por ser fácil de usar, claro.


 Este look, conhecido como "Model off duty" (modelo à paisana) é uma receita fácil, clean e elegante para não cair em desleixo quando se está cansada, com pressa, falta de imaginação ou simplesmente preguiçosa (porque até a mulher mais disciplinada tem direito à preguiça ocasional). Ou seja, um bom "uniforme" para ter sempre um ar polido sem grande esforço. E embora funcione instantaneamente numa mulher esguia, não é preciso ter a figura de uma modelo de passerelle para a aplicar no quotidiano.

A base para este visual é a mais elementar e minimalista: calças skinny (ou clássicas, para quem é mais voluptuosa) de preferência pretas, top da mesma cor e sabrinas, pouca maquilhagem e cabelo solto ou num rabo de cavalo. Muito Audrey Hepburn, porque menos é mais.

  Depois há quem opte por saltos altos ou botas de grande efeito, calças skinny de cabedal, vestidos simples, calções (não demasiado curtos e ligeiramente folgados) tudo em tons neutros e acompanhado, nos meses frios, por um blazer, blusão de couro, cardigan ou - para aquele toque extra - um casaco de peles volumoso.

 Para fazer resultar o look, principalmente em quem não tem uma figura de manequim, importa no entanto seguir algumas dicas:

- Escolha sempre o modelo de calças, decote e mangas que mais favorecem o seu tipo de corpo, dentro das linhas mais depuradas; ou seja, fuja de bainhas curtas se tem pernas menos elegantes ou tops de alcinhas se o seu torso não é de modelo - de qualquer modo, uma t-shirt ligeiramente decotada e com manga 3/4 é sempre uma opção perfeita para qualquer figura.

- Se gosta do efeito das sabrinas mas não é muito alta (ou não tem pernas compridas e esguias independentemente da altura) experimente um modelo parecido com ligeira cunha ou um kitten heel. O resultado é quase o mesmo e dá um porte mais bonito. Em todo o caso, lembre-se de que as biqueiras ligeiramente pontiagudas alongam sempre a silhueta.

- Atenção aos tecidos e confecção das peças: uma roupa simples disfarça mais facilmente uma qualidade sofrível, mas para que o look tenha o ar certo nada como elementos sólidos e agradáveis ao toque. As t-shirts devem ser de algodão, compridas q.b e sem mangas que esborrachem os braços e as calças de uma marca de confiança; de preferência, ajustadas à medida. É complicado ter um aspecto de modelo à paisana convincente se usar uma carteira de poliéster ou sapatos que já precisavam de reforma, por exemplo.

 Resta acrescentar que o model off duty é o visual perfeito para criar toilettes com aqueles milhentos casaquinhos, calcinhas e t-shirts clones uns dos outros que vai comprando "porque dão jeito" e que acabam no fundo do armário (quem nunca pecou, que atire a primeira pedra). 

Quando estiver sem nada para fazer, pode aproveitar para construir uma série de conjuntos deste género e pendurá-los prontinhos a usar em cabides, para as vezes que tiver de sair de casa à velocidade da luz. É preciso bem trabalhar para bem preguiçar mais tarde.





2 comments:

maria madeira said...

Muito bem escrito. Tudo verdade, verdadinha. Realmente funciona este estilo simples, mas sem ser desleixado. Quando existe um rigor no vestuário quando se trabalha em determinadas empresas, é sempre bom descontrair longe delas. Sempre sem desleixos, que é coisinha de que não gosto :)

Fashionista said...

Boa dica! Resulta e ter um "uniforme" é perfeito para os dias em que não queremos complicar!

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...