Recomenda-se:

Netscope

Friday, October 3, 2014

Truque indispensável do dia (ou momento TV shop, ligue já antes que esgote!)



Não há nada mais aborrecido do que estar contente da vida, ocupada (o) com os seus projectos, e do nada deparar-se com um facto desagradável, uma visão que não fazia falta nenhuma ou uma recordação incómoda. Por exemplo, ir a caminho de uma reunião importante e tropeçar no (a) ex- que -veio- do- Inferno, receber um telefonema de uma amiga a quem a vida está a correr tão mal que se começa a pensar quem será o próximo a juntar-se ao clube dos infelizes, ler uma notícia desagradável no jornal ou encontrar um antigo colega chato capaz de baixar as vibrações a Buda. A verdade é que a disposição é uma coisa frágil e permeável, e até na alma mais serena e segura de si pode mudar de um momento para o outro.

 Parece que o fio de pensamento que até há instantes corria claro e transparente foi poluído com um camião de lixo tóxico..e uma pessoa fica com o dia estragado. Até a forma de caminhar se torna menos ligeira: afinal, sofrimento adora companhia. 

Se alimentarmos tais ideias, raciocinarmos sobre elas e lhes concedermos dez minutos que seja de tempo de antena, somos irremediavelmente contagiados. Então, como é que nos livramos de tal praga?

Pensando imediatamente noutra coisa, ou como se convencionou dizer,  "transportando-se a um lugar feliz". Já vos contei que pensar em futilidades que não exijam muitos malabarismos de cabeça (roupa, sapatos) ou numa coisa insuportavelmente fofinha (gatinhos bebés, por exemplo!) costuma funcionar. Mas antes disso há que sacudir a memória desagradável, exorcizá-la, desinfestá-la: é preciso ter sempre à mão um triturador de papel em versão mental, para eliminar pensamentos deprimentes logo que eles ocorram. 

Eu gosto de trazer sempre o meu comigo: põe-se a ideia desagradável na maquineta, imagina-se a engenhoca a desfazer aquilo tudo e já está.


 Já ligaram o vosso hoje?

3 comments:

Inês Sousa said...

Já o usei, orbigada pelo trique. Desde esta manhã que andava aqui preocupada por causa de uma conversa tida com uma colega. Mas já triturei as ideias para poder ir de fim de semana mais descansada.

Carpe diem to me said...

É essencial termos um lugar feliz para onde ir quando nos deparamos com as tais pessoas que tentam baixar-nos a boa disposição! :)

Imperatriz Sissi said...

Obrigada! Ainda bem que a minha engenhoca é útil e que tem mais utilizadores...

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...