Recomenda-se:

Netscope

Monday, November 10, 2014

10 problemas que só louras e ruivas entendem



Rezam os ditados que as louras são mais divertidas e as ruivas têm um temperamento a condizer com o cabelo, para o bem e para o mal - mas quem vê de fora não sonha a canseira que isso é. Mulheres  de cabelos (e olhos/pele) naturalmente claros, do louro escuro ao auburn, têm uma agenda própria para lidar com isso, porque nem sempre é fácil. Aqui ficam os 10 pequenos dramas mais comuns:

1- Qualquer castanho inofensivo se transforma em preto ou beringela no vosso cabelo



Mudanças de visual exigem sempre cautela quando o cabelo é claro - porque a cor adere mais facilmente e "abre" em todo o seu esplendor... ou antes, em todo o seu exagero. Uma loura que pretenda escurecer para um tom avelã pode ficar com o cabelo quase asa de corvo, enquanto uma ruiva que tente o look "boneca de porcelana" com um castanho rico e frio como o da Penelope Cruz se arrisca a acabar com um acajou horroroso, tipo beringela. 
 Um colorista experiente (e num país de morenas, convém consultar o seu portefolio antes de avançar) e/ou bastante prática são os únicos remédios: louro escuro acinzentado é a melhor pista para obter um castanho bonito sem reflexos quentes e o castanho médio, a receita mais acertada para conseguir um castanho muito escuro, quase preto. Fazer durar o efeito já é outro rosário...

2- Perguntas patetas



Voltar de férias e perguntarem "então não foi à praia este ano?" porque apesar dos esforços, não bronzeou nadinha. Pior ainda, "porque não faz solário?" (resposta: porque não me apetece ficar parecida com uma passa ou coisa pior). Ou o muito frequente "essa cor é natural?" que é uma maçada principalmente quando se deu brilho ou reflexos para realçar a lourice ou ruiveza com que se nasceu mas não apetece estar com detalhes.

3-Pele de cera...e/ou sardas

A pele de porcelana é um grande trunfo, mas...como a maioria das coisas belas, é frágil. Qualquer pele requer cuidados para se manter bonita, mas as caras pálidas precisam de extra hidratação, extra protecção solar e em muitos casos, produtos específicos para peles reactivas, anti manchas, contra vermelhidão, contra o frio, o calor, etc. Já as sardas são um amor e o melhor é assumi-las...com as devidas cautelas porque sem isso, onde há sardas podem surgir marcas do sol. Ou da neve. Ou do vento. Muita protecção sempre, sim?



4-Não haver base do vosso tom em lado nenhum

Quem diz base diz pó, BB Cream,e assim por diante. Em muitas marcas o tom mais claro que fazem é uma piada, outras nem se dão ao trabalho de vender essas nuances nos países do Sul da Europa porque assumem, vá-se lá saber porquê, que por estas bandas todas as mulheres são morenas ou fazem por isso. Encontrar os tons neutros (nem rosado, nem amarelado) tão necessários às ruivas é o pior desafio de todos. Felizmente o cenário está a mudar e não só têm surgido marcas ou produtos novos atentos a esse nicho de mercado para todas as bolsas (como a Sleek e a Essence) como agora temos a internet, por isso se for necessário podemos encomendar cosméticos da Coreia, país onde brancura é formosura.

5- Sensibilidade ao Sol

Já não falo só do vulgar e perigoso escaldão. Em temperaturas muito altas (ou em dias em que os média avisam "cuidado que os raios UV enlouqueceram!") enquanto os vossos amigos se queixam "ai que calor das Arábias" vocês já se fecharam num bunker em modo vampiro, com receio da urticária horrorosa que inevitavelmente vos assalta nessas circunstâncias.

6- Escolher o blush é uma complicação

Supostamente as louras ficam bem com tons rosados e as ruivas com pêssego, laranja e encarnado. O mais mau é encontrar a textura certa, especialmente para usar durante o dia. Enquanto numa pele mate qualquer blush baratinho do momento realça as maçãs do rosto com um aspecto encantador, nas pálidas o menor deslize pode dar a aparência de se estar com um ataque de febre ou pior...com os copos, Deus nos livre. Em relação ao bronzer (que se tiver juízo, só usará para esculpir e contornar o rosto) passa-se o mesmo: um descuido e parece que se está com a cara suja. Enfim, cada um com os seus problemas e o melhor amigo de uma rapariga branquinha é um bom espelho com muita luz natural.


7-Dar nas vistas sem querer
Enquanto uma morena pode escapar com toilettes vistosas, louras e ruivas precisam de ser um pouco mais discretas porque o cabelo já chama bastante a atenção (especialmente no caso das platinadas e cenoura vivo). Quando se trata de ruivas, cores ricas e quentes como o verde esmeralda, o encarnado e o laranja até são aconselháveis, mas é preferível usá-las em peças de corte e padrão simples, para não criar muita confusão visual.
  Nas louras um look preto com um acessório dourado faz imensa vista, mas não convém juntar outras bijutarias ou texturas brilhantes.

8- Cabelos delicados

Com algumas excepções, os cabelos claros tendem a ser mais sedosos mas menos espessos - é por isso que a sua amiga morena-que-pinta-de-louro tem uma juba invejável mas que parece muito mais baça do que a sua, que é loura natural e só precisa de umas madeixas para ficar platinada. Tudo na vida tem vantagens e desvantagens. Produtos para fortalecer, hidratar, proteger e dar volume são grandes aliados dos cabelos cor de ouro e cor de cobre.

9- Mitos de personalidade

Embora as coisas já não sejam como no tempo dos Tudor - em que se acreditava piamente que as louras tinham um carácter mais dócil e submisso e as ruivas tinham pacto com poderes do outro mundo - as pessoas ainda fazem associações de ideias: o louro comunica uma ideia de juventude e por isso é mais apelativo, uma loura não é lá muito esperta, uma ruiva é apaixonada e tem mau feitio, etc,etc. Muitas vezes isso é um processo inconsciente e só resta brincar com esses estereótipos ou se possível, tirar partido deles. Fazer-se menos brilhante do que na realidade é pode ter utilidade em algumas áreas (política, indústria e outras que agora não me ocorrem). Assim como assim, é só a primeira impressão e não vale a pena aborrecer-se por causa disso: todos os mitos se desfazem rapidamente quando se aposta num visual sério e atitudes a condizer.

10 - "Rímel" para que te quero

Ter umas pestanas longas e espessas...que não se vêem. Cílios quase brancos (ou mesmo dourados/prateados) são muito comuns em ruivas e louras. Pessoalmente, vejo isso como uma vantagem: com umas camadas de máscara escura está o problema resolvido e se pelo contrário se quiser um ar high fashion, estilo Tilda Swinton, é só não as pintar - ou realçá-las com máscara dourada, por exemplo. O mesmo vale para as sobrancelhas: sendo louras e finas podem ser aumentadas com maquilhagem quando está na moda usá-las mais fortes (como actualmente). E quando se usam finas, é fácil torná-las quase invisíveis - algo que as morenas têm mais dificuldade em fazer!





2 comments:

Bia Fernandes said...

Como eu percebo estes pontos todos... Sou assim uma loira em tom mais escuro e branquinha e bate tudo certinhho direitinho :)

Imperatriz Sissi said...

Obrigada Bia :). Beijinho.

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...