Recomenda-se:

Netscope

Wednesday, November 5, 2014

A discrição, essa bela qualidade.



De todas as virtudes humanas, a discrição é capaz de ser a que mais admiro, porque - tal como a boa educação, de quem é irmã - cabe em toda a parte.

 Quem é discreto raramente comete gaffes: nem na forma como se apresenta, nem na forma como se conduz. 

Uma mulher discreta é um tesouro porque não chama atenção negativa sobre si mesma, tem um bom gosto instintivo se souber as bases, não se envolve em mexericos, diz o que tem a dizer em privado, não manifesta emoções em público, não irrita as outras tão facilmente por muito bonita e bem sucedida que seja, já que não cai em gabarolices. Dificilmente a verão nas redes sociais a exibir a última compra luxuosa que fez, pois sabe que isso poderá melindrar quem não tem acesso às mesmas coisas...e em boa verdade, ninguém tem nada com isso. 



De igual modo um cavalheiro discreto, em termos de relacionamento, é o ideal: quem é modesto e metido consigo, não quer nada com mulheres vulgares, nem tem "amigas" intrometidas, nem dá ouvidos a bisbilhoteiros que possam tentar causar conflitos. É uma rocha, seguro de si, e se tem problemas ninguém adivinha.



Casais discretos são sempre de louvar: se estão bem, se estão mal, se noivaram ou se se separaram, só os íntimos o sabem - e por muito irritados que estejam, não há lavagens de roupa suja. Entre quatro paredes pode ser o fim do mundo... publicamente é o silêncio, ou quase.

Um amigo discreto é uma jóia rara: um túmulo para os segredos alheios.


E em todas as coisas, as pessoas reservadas têm uma aura especial. São tranquilas, serenas, pelo menos na aparência: discretas nos desgostos (porque mostrar fraquezas é realmente mau e raramente remedeia alguma coisa) discretas nos êxitos e alegrias (porque de manifestar felicidade a parecer ridículo vai um passo muito pequeno) inabaláveis face a provocações (porque era só o que faltava).

Está certo que como não dá nas vistas, a discrição é uma qualidade um bocadinho fora de moda. Mas lá diz o tio Lagerfeld, a linha entre estar na moda e ser piroso é muito ténue...

No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...