Recomenda-se:

Netscope

Saturday, November 29, 2014

Devemos dar ouvidos aos homens no que respeita à Moda?


Este artigo no Who What Wear motivou as típicas reacções "quero lá saber do que os homens pensam da minha roupa. Eu visto o que gosto!" ou "as mulheres vestem-se é umas para as outras e mais nada". O mundo mudou muito desde os anos 60 e não sei se as mulheres ganham alguma coisa com isso...

Já aprofundei o assunto aqui e dei neste post uma lista das peças mais "man repeller", mas sempre acreditei que quando uma mulher se veste, a lógica deve ser 50/50.

 50% de crédito às outras mulheres e aos criadores - que puxam pelo lado criativo, artístico, pelos detalhes e pelas tendências -  e 50% para agradar ao sexo oposto (aos cavalheiros decentes e de gosto, entenda-se, porque pelos outros grosseirões era tudo Nicki Minajs e esses não contam, Cruzes). Isto porque um homem, estando do outro lado da barricada, sabe aquilo que é lisonjeiro aos olhos e considerar a opinião dele não deixará uma mulher cair em certos exageros que destroem as formas femininas e só ficam bem num editorial.

 Perguntando umas às outras ou consultando as revistas, actualizamo-nos, aprimoramos; perguntando a um homem simplifica-se e não nos afastamos da beleza clássica, do apelo feminino ancestral e dos limites do apropriado - pois muitas vezes uma fatiota em que uma mulher, na sua inocente vaidade, "não vê nada de mal" tem outra leitura para os olhares masculinos. Por isso, quando na dúvida "isto será demasiado atrevido?" nada como o irmão, pai ou cara metade para dar o veredicto final. Até a mulher mais elegante, com mais sentido do que é adequado e do que não é, pode confundir-se, mas eles - que se ouvem uns aos outros e sabem os disparates que dizem de quem passa na rua - são um barómetro infalível.

 Se não andamos sozinhas no mundo, não custa considerar a outra metade. Opiniões?







1 comment:

Sérgio S said...

Hum... Eu por exemplo uso muitas vezes uso suspensórios em vez de cinto, apesar da minha mãe e irmãs dizerem que é coisa de velhotes ou de gordão. Mas uso por uma questão de conforto, não por qualquer questão fashion retro. Já em relação às gravatas, se tiver uma reunião mais formal levo umas 5 ou 6 para o escritório e depois peço às administrativas para escolher, já que por mim usava sempre a mesma.

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...