Recomenda-se:

Netscope

Thursday, December 4, 2014

Momento "shampoo gets in your eyes"

Olha para esta toda contente porque ainda não lhe entrou champô no olho!!!

Nunca tinha pensado nisto até hoje, quando fui desastrada e um champô particularmente potente, (desses para dar volume e um brilho escandaloso ao cabelo e que ainda por cima cheiram a gomas) fez o favor de me entrar pelo canto do olho. É um facto curioso da vida: conforme crescemos, vamos desenvolvendo não sei que reflexos de defesa que diminuem consideravelmente essa ocorrência desagradável. Mas às vezes lá acontece e se há champôs que sem ser Johnson´s baby no llores más, quase não incomodam nada,
existem os outros, que nos põem a ver estrelas por um bom bocado e a deixar correr a água aflitíssimos a rezar para que aquele ardor terrível não deixe lesões.



 E dei por mim transportada para a primeira infância - dizem que sou um freak, tenho memórias dos meus dois anos e mais atrás - quando um bocadinho de champô nos olhos, Sem-Lágrimas que ele fosse, era caso para abrir um berreiro de deitar a casa abaixo.
  Aguentar produtos químicos num olho sem soltar um piu diz muito da nossa condição humana - com outro primata o caso mudaria de figura. Mas também da resiliência (quase estoicismo) que ganhamos quando nos tornamos adultos com algum auto domínio.

 As coisas continuam a ser tão desagradáveis como quando tínhamos um ou dois anos, aprendemos é a suportá-las melhor...e a esperar que desapareçam.

No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...