Recomenda-se:

Netscope

Thursday, December 25, 2014

Paradoxos e pequenos milagres de Natal


- Enfeitar uma árvore 100% natural (e em vaso) porque não se gosta de coisas plastificadas nem mortas, mas...ser preciso acrescentar-lhe umas "extensões" (com ramos de outro pinaceae podado ) e fazer uns truques de vitrinismo para ela se manter direita. E - quem havia de dizer? Tanto ilusionismo funcionar às mil maravilhas. Personal stylist de árvores, at your service.

- Deixarem essa operação para a própria da hora e verificarem que há grinaldas, há luzinhas, há anjinhos...mas alguém guardou as bolas coloridas, os sinos e o resto tão bem guardados que não se encontram em parte nenhuma - e ser preciso ir buscar uns enfeites à pressa para completar o trabalhinho. E também isso resultar.

- Começar os preparativos mais tarde do que seria esperado e mesmo assim ninguém se atrasar nem um minuto e haver tempo para tudo, sem correria nem gritarias.

- Haver filmes de Natal, mesmo de Natal, a passar na televisão.

- Fazerem a vontade a alguém e irem à Missa do Galo sem ser na Igreja do costume...apenas para descobrirem que por ali se tomam  tais liberdades que mais parece que estão na Igreja Universal do Reino de Deus. E que há um maluquinho a gritar blasfémias à porta, e os fiéis a virarem-se para trás uns com medo, outros a fazer "xiu".

- Toda a gente se portar tão bem nas reuniões de família que se diria um daqueles postais americanos, ou um anúncio super perfeito. Nem uma zaragata natalícia como manda a tradição, um atraso, uma bulha de irmãos, um presente errado, nada -a Santa Paz.  Ficarem a perguntar-se se haveria algum filtro nas filhoses.

 Espero que o vosso Natal tenha sido tão especial como isto, no mínimo.



No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...