Recomenda-se:

Netscope

Wednesday, February 25, 2015

O Imperatrix está snobíssimo esta semana!


Isto porque o prestigiado autor, jornalista, trend watcher e ensaísta Anton Moonen -  de quem já vos falei várias vezes e se não leram nenhum livro dele, estão a perder uma dose vital de humor e de bom senso - me colocou entre os ilustres convidados para falar dos bons e maus snobismos no seu delicioso blog, Snobilissime Podem espreitar a entrevista desta vossa amiga aqui

Acerca de Moonen, que dedicou um percurso brilhante (colaborou com a Vogue, Vanity Fair e Elle, entre outras revistas) à reflexão sobre o snobismo e elegância, escrevi há tempos "no século do Facebook, do cosmopolita bacoco, do trendy à martelada e do juntar-para-comprar-uns-Louboutin-para -escarrapachar-no-blog-a-fazer-inveja-aos-pobres, podemos estar privados do espírito um de um Oscar Wilde, de um Baudelaire, de um Lord Byron,  de um Eça, mas ainda temos Moonen, entre meia dúzia de iluminados, para pôr juízo na cabeça das gentes. A rir, comme il faut".



Aconselho-vos a debruçarem-se sobre o trabalho de um dos últimos arbiter elegantiae que se atrevem a dizer publicamente o que pensam. Em português, infelizmente, creio que só temos publicado o Pequeno Breviário do Snobismo, livro de cabeceira excelente para pequenos requintes, anedotas do mundo elegante de outros tempos - e para descobrir carecas aos pretensiosos ou patos bravos de serviço, o que é sempre útil.

Só me resta dizer que fica combinada, para breve, uma enquête ao árbitro das  elegâncias aqui no nosso salão, para termos a última palavra sobre as ditas. Mal posso esperar para lhe perguntar quais são os seus "eu embirro com".


1 comment:

C. N. Gil said...

Só para dizer que gostei da entrevista :)

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...