Recomenda-se:

Netscope

Friday, May 1, 2015

A melhor dica para saber o que deitar fora ou não (segundo uma especialista)


A japonesa Marie Kondo é uma "organizadora de casas profissional" tão capaz que vendeu mais de dois milhões de livros e foi considerada pela Revista Time uma das personalidades mais influentes este ano. Nunca subestimemos o poder da organização na era do consumo fácil! 

 Pelo que já li sobre ela, concordo com muitas das suas ideias para aquisições conscientes e um guarda roupa (ou um espaço de forma geral) mais ordenado: ao arrumar, começar sem medos, porque quanto mais cedo melhor, sem se acobardar com o tempo que vai demorar; encarar sem receios toda a "tralha" que se juntou em casa (ou como eu costumo dizer, tudo para fora das estantes, gavetas e cabides até não restar pedra sobre pedra!);  ter uma consciência exacta do que queremos antes de fazer qualquer compra; saber exactamente qual vai ser a utilidade do produto na nossa vida em vez de comprar só porque "tem piada"; não trazer para casa nada que não sintamos uma necessidade ou vontade  IMPERIOSA de ter...

Porém, há uma máxima desta guru da arrumação que eu considero absolutamente genial ...e fácil de aplicar, tanto na hora de ponderar compras como ao limpar a casa. É pegar nos objectos e pensar: "isto transmite-me alegria?"




Já temos falado nisto por aqui, aliás, e aplica-se particularmente a roupas e sapatos. 

 Ou por remorso ("dei não sei quanto dinheiro por isto e nunca vesti") ou por culpa ("é horrível, mas foi a minha avozinha que me ofereceu") tendemos a agarrar-nos a objectos que não nos fazem felizes. Segundo Marie Kondo, e eu subscrevo, o nosso espaço pessoal só devia ter coisas que transmitissem alegria: o vestido que temos sempre vontade de usar, o livro raro que adoramos reler, a antiguidade que andámos anos para encontrar, os sapatos que estamos mortinhas por levar à rua.



Não o vestido que se usou naquele jantar "romântico" que afinal só trouxe aborrecimentos, a bugiganga oferecida pelo ex-que-veio-do-inferno nem as sandálias que se usaram para lhe dar o merecido pontapé de saída; ou o casaco que se costumava levar para o antigo escritório, de que até não se gosta assim muito e que agora causa um certo constrangimento interior porque remete para aquele emprego para esquecer onde se foi super infeliz. Tudo o que canse a alma, tudo o que seja vagamente deprimente ou sem graça, deve ser deitado fora ou - se estiver em boas condições- ser encaminhado para outro destino. Talvez faça alguém feliz!

 Conserve-se apenas o que provoca entusiasmo, que enche os olhos, que acrescenta beleza, que evoca boas recordações ou achamos que "deu sorte"  (se não for um item velho, estragado e cansativo de ver, que começa a causar um certo "incómodo" cá por dentro).

Menos é mais - no mínimo, mais espaço para circular, mais repouso para os olhos, mais arrumação, mais harmonia, mais facilidade para encontrar o que é preciso sem perder tempo, mais consciência daquilo que é importante, mais área livre para preencher com as coisas (físicas ou intangíveis) que realmente têm significado. Fácil, não?

5 comments:

gisela pascoal said...

Lindo, simplesmente palavras maravilhosas que nos deixam a pensar: Porra! realmente tenho muita tralha no armário. Beijinho

http://giselapascoal.blogspot.pt/

Sandra Marques de Paiva said...

Parece fácil ;)

Rita Machado said...

Guardo peças por afinidade, mas não são muitas no entanto está aqui uma bela dica! Ficar com o que nos faz feliz :D
Ritissima Blog

Inês Sousa said...

Excelente ideia manter aquilo que nos traz alegria. Ainda ontem aviei uns quantos pares de sapatos que só me traziam dores nos pés, mas que mantinha pelo sentimento de culpa do quanto tinha gasto. Depois de os arrumar e despachar senti-me bem melhor por saber que não me vou mais cruzar com eles e com o sentimento de culpa. Realmente é um disparate carregar essas pequenas culpas que nos vão minando a alegria.

Paula said...

Vou aplicar.
Guardar apenas o que me faz feliz!
vidademulheraos40.blogspot.com.

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...