Recomenda-se:

Netscope

Friday, May 29, 2015

Haja boa disposição, que é fim de semana e ser sempre grave é cansativo.


Embora eu brade contra certas e determinadas danças que considero meras desculpas para a malandrice, nada tenho contra bailar um pouco, antes pelo contrário. 

Devo muito à minha professora de ballet (como qualquer rapariga que tenha feito a mais breve incursão pela dança clássica), acho que se devem aprender os rudimentos das danças da praxe - valsa, and the like -  para não fazer más figuras em certas circunstâncias e algumas das memórias mais felizes da minha infância e adolescência foram acompanhadas de alguma bailação. Por vezes é preciso soltar o Fred Astaire que vive em cada um de nós. Nem que seja um Fred Astaire um pouco coxo.  You can dance if you want to...



 Mas depois há danças que me fazem rir. Que provocam pensamentos parvos, mas automaticamente felizes ou seja, são excelentes exercícios mentais para  quando estamos tristes ou irritados. Basta evocar tais coreografias para sorrirmos e fazer desvanecer o stress.

Mandaram-me estas duas durante a semana e não consigo evitar, acho-as cómicas de todo e estou estranhamente fascinada por elas. 

Esta (em modo "que raio vem a ser isto?") que podem ver aqui, mas foi baseada nesta:



E aqui a Beyoncé, em modo somewhat periguete mas como tem graça, desculpa-se (tenho uma saia parecida, by the way!):

Bom fim de semana!


2 comments:

minimilk said...

Quando casar quero a dança do pinguim em vez do "apita o comboio", por favor!

Imperatriz Sissi said...

Ahahahah eu nunca pensei no baile, mas se houver...

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...