Recomenda-se:

Netscope

Wednesday, June 10, 2015

Alfinetes, padeiros, elegância e bom senso


1- Dizem que na China os soldados pregam alfinetes no colarinho para se obrigarem a andar de cabeça erguida e costas direitas. Se baixarem o rosto, picam-se...
Este truque para manter uma postura bonita não faz parte do repertório que me ensinaram, mas se calhar (sem querer defender aqui torturas chinesas) dava jeito a muito boa gente. Conheci uma professora de passerelle que andava atrás dos alunos com uma agulha de bordar e quem entortasse as costas zás, uma alfinetada no derrièrre. Pela elegância vale a pena sofrer um bocadinho e os bons hábitos nem sempre "entram" a bem. Hoje é que se tornou moda esperar obter tudo "com papas e bolos" e palmadinhas nas costas, mas acredito firmemente que sem desenvolver uma certa disciplina militar ou de ballet seja  difícil alcançar algum aprumo ou trabalhar para a perfeição. Pode-se sempre visualizar o alfinete e a agulha, se não quisermos empregar a táctica literalmente.


2- Estando em voga os looks monocromáticos (em preto, branco ou nude) achei  que, já que é quase Verão, explorar os visuais pure white seria uma boa forma de brincar com as peças brancas que tenho em casa. Pois sim -ainda não fui capaz de tal porque há aqui umas vozes a insistir que de branco integral uma pessoa parece um padeiro. Com tudo isto não tenho opinião formada (nem vontade e força para ser padeira) mas fiquei a pensar que ter família evita todos os excessos. A julgar pelos preparos de certas habitués mais ou menos famosas nas semanas de moda, das duas uma: ou vivem sozinhas ou são muito cabeça dura e não dão ouvidos a ninguém...

No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...