Recomenda-se:

Netscope

Sunday, June 21, 2015

Directamente de 1962: um sábio conselho de syling (e atitude)


Sobre o uso correcto das saias curtas:

"Saiba ver os seus defeitos dando provas do mesmo espírito de observação que a faz, com tanta frequência, criticar as suas amigas. Certas mulheres, certamente preocupadas em seguir a moda, usam a saia acima do joelho. Para as raparigas muito jovens ainda passa, mas para as outras? Os joelhos, vistos desta maneira, estão longe de ser graciosos! Se em fato de banho, na praia, uma perna é bonita porque é mostrada na sua continuidade, cortada a meia altura não é a mesma coisa..."

Já Coco Chanel dizia que os joelhos são a parte mais "arriscada" do corpo feminino, logo há que expô-los com cuidado.
 E é preciso ter em conta que Mary Quant, responsável por popularizar a mini saia dois anos depois do texto acima citado se regia pelo lema " bom gosto é morte, vulgaridade é vida" (Credo!). Por isso, um grande grão de sal, sempre!  Também nunca é demais lembrar  que a altura de saia que fica bem na sua amiga pode ficar péssima em si, apesar de vestirem o mesmo tamanho: quem faz questão de usar mini saia, vestido ou calções deve antes de mais nada preocupar-se com as proporções certas para a sua silhueta, garantindo que o que usa não vai achatá-la nem desfavorecê-la.

 E acima de tudo, há realmente que aplicar na escolha das próprias toilettes o dobro do espírito crítico que se usa ao comentar as alheias...ser exigente com as outras e complacente consigo mesma torna uma mulher deselegante por fora, mas pior ainda, por dentro...





No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...