Recomenda-se:

Netscope

Monday, June 1, 2015

O Givenchy da Kim (dar a mão à palmatória, ma non troppo)


Gostar de Givenchy não tem nada de estranho nem de novo: a mítica Casa tem sabido, pela mão de Ricardo Tisci, manter as linhas aristocráticas e luxo misterioso que a tornaram célebre. Cada colecção é um bálsamo para os olhos, sem deixar de lado um certo pragmatismo e simplicidade que tornam as criações "usáveis". 

Claro que - sinais dos tempos, marketing oblige mesmo que os apreciadores de sempre não concordem - há a "amizade" entre a griffe e novas celebridades como Kim Kardashian. Malhas que os social media tecem, necessidade de agradar a novos públicos e de manter a marca actual...enfim!


Falando do estilo de Kim per se (algo que acaba por ser, de certo modo, inevitável) não podemos negar que o marido que escolheu gosta muito de roupa bonita. Aliás, gosta tanto de roupa bonita e luxuosa que cai um pouco no complexo de fashion victim... com consequências não tanto para ele, mas para a sua musa. Já aqui se disse que embora o guarda roupa da estrela de reality shows se tenha sofisticado graças à intervenção da cara metade (com peças que qualquer conhecedora mataria para ter em casa) não a favorece necessariamente mais do que o que costumava vestir, antes pelo contrário. Kanye West quer por força que Kim Kardashian, com as formas que tem, faça funcionar toilettes criadas para modelos esquálidas. E se os casacos, certas saias lápis e looks monocromáticos resultam nela, não se pode dizer o mesmo do resto...




 Vale lembrar que apreciar coisas boas e ter olho para as proporções são duas qualidades que nem sempre caminham juntas! Ou que os melhores clientes são por vezes os que mais precisam de um stylist capaz para ajudar a fazer as combinações correctas.

 Dito isto, uma montra é uma montra - e a menina Kardashian não deixa de o ser. Uma montra com um poder insuperável nas redes sociais. Logo, era impossível não notar o eco dado pelas revistas da especialidade a alguns dos ensembles que usou...incluindo Givenchy. Uma jornalista da Elle aceitou mesmo o desafio de vestir-se como ela durante uma semana e como tem boa figura, os resultados são soberbos. Especialmente com o outfit Givenchy (body + calças de jersey + cuissardes abertas). 

O look resulta algo vulgar em Kim Kardashian, mas podia ser pior: a autora confirma que as calças seguram tudo no lugar - o que não admira, dado o corte fabuloso que têm e a espessura do tecido (também foi feita uma versão em pele, igualmente linda).


Acrescente-se que o top é mais fechado do que parece - há um debruado bege junto às argolas do decote que dá a ilusão de uma abertura mais pronunciada. Em suma, alfaiataria-engenharia de excelência; um look que, devidamente acessorizado, resultaria bem em qualquer mulher que tivesse curvas pronunciadas, mas um pouco mais discretas do que Kim. Não é preciso ter uma silhueta arrapazada para o vestir sem cair no exagero, mas convém no mínimo uma figura de ampulheta  mais esguia para que o visual não resulte provocante. E de preferência, com um casaco - em vez de blusão- para circular por aí!

E pronto: lá tive de admitir que gostei de um look da Mrs. Kardashian-West. Andam bem negros os tempos, como as roupas da Givenchy...




1 comment:

Sandra Marques de Paiva said...

Eu sinceramente não gosto. Só gosto na modelo branca e loira, em mais ninguém. Mas ficava com as calcitas para mim ;)

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...