Recomenda-se:

Netscope

Sunday, July 12, 2015

Dicas realmente boas para dar volume ao cabelo!


Os artigos sobre cabelos ou maquilhagem costumam ser um pouco repetitivos, mas de vez em quando lá aparece um que tem "aqueles conselhos que lemos uma vez e adoptamos para sempre". Quando encontro um assim gosto de partilhar convosco, acrescentando as minhas anotações.

É o caso deste na Vogue Brasil

O que eu não sabia: 

1 - Espuma de volume e spray de volume podem e devem ser usados juntos. Primeiro a espuma, das raízes para as pontas; depois o spray no mesmo sentido. 

Costumo utilizar um ou outro (dependendo das ferramentas de styling que quero empregar e do tipo de penteado que vou fazer) até para não sobrecarregar os fios com demasiados produtos. Mas pelos vistos têm funções diferentes: a espuma dá volume às raízes e o spray aumenta a densidade dos fios. É capaz de fazer sentido...(e ajudar a acabar de gastar alguns frascos que ficam na gaveta imenso tempo).

2- Os ions negativos do secador não devem ser usados na primeira secagem para tirar a humidade (ou seja, antes de começar a usar a escova) porque diminuem o frisado e os cabelitos "arrepiados" mas dão cabo do volume. Por isso, apertar o botão "ion" só durante o brushing...
 Nesta parte, quando o cabelo já está praticamente seco e só precisa de moldar, pode diminuir-se o calor (porque aparentemente, uma temperatura mais alta o tempo todo é melhor para alisar bem e depressa sem estragar, mas... achata o volume).


O que é sempre bom confirmar:

1- Quando há tempo, depois de moldar cada madeixa convém fixá-la num rolo grande (daqueles de velcro que se compram em qualquer bazar da esquina). Isso prolonga o volume.

Esta é uma dica que às vezes se esquece, mas resulta e faz uma ENORME diferença. Ao arrefecer, a cabeleira ganha a forma dos rolos em vez de se desmanchar enquanto uma pessoa se veste, maquilha etc.
 É preciso ver que no cabeleireiro - além de sermos penteadas por profissionais - estamos tão quietinhas que há tempo para o penteado assentar. Em casa, nem tanto. Mas com este gesto, mesmo que não tenha feito um brushing tão perfeito como isso, se esticar bem o cabelo contra o rolo, ele acaba por ganhar outro ar, sem danos (se quiser alguns caracóis naturais, use uns quantos rolos mais pequenos). O penteado fica muito mais polido, bem acabado...e o efeito dura mais. 

 Também gosto de empregar rolos quentes para isso (uso uns 4 ou 5 grandes se me quiser despachar e/ou se pretender apenas volume e enrolar as pontas, em vez de caracóis). Levantam as raízes, expandem o cabelo, não cansam tanto o braço e causam menos danos do que finalizar o brushing  com um ferro de enrolar (cada vez mais deixo esses para quando tenho muita pressa, para retoques ou para penteados específicos) .

2 - Para "refrescar" o volume ao longo do dia (e evitar a desagradável humidade nas raízes) convém virar a cabeça para baixo e aplicar laca ou um spray texturizador. Eu gosto sempre de trazer umas miniaturas, à venda na Clarel.



Outras dicas: 

- Ripar o cabelo nunca desilude (e é excelente para apanhados) mas em vez de pente, gosto de usar a escova apropriada para o efeito, à venda na Primark, que tem também uma ponta fantástica para dividir o risco e as madeixas 
(encontra-se também na Claire´s, mas é mais cara e rigorosamente igual). 

- Agora há ferros específicos para criar volume nas raízes, em vez de ripar...mas sinceramente, acho que mais vale usar a placa de "tostas" no mesmo sítio, em vez de comprar *outra* engenhoca. No entanto, parece-me desaconselhável abusar de tanto calor junto ao couro cabeludo. Algum cabeleireiro que me esclareça.

- Se não tiverem rolos de velcro à mão mas quiserem o efeito de rolos grandes nas raízes, experimentem este truque engraçado:


E pronto, v-va vooom. 

No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...