Recomenda-se:

Netscope

Friday, August 21, 2015

A alegoria de Nicki Minaj no Madame Tussauds




Nicki Minaj tem uma réplica no Madame Tussauds de Las Vegas. Como é óbvio, a figura de cera foi aprovada pela própria, que até posou para as as medidas e adorou o resultado (nas suas palavras, "icónico"). 

 Como costuma acontecer, a cantora foi retratada na sua pose mais famosa. Já se sabe, espera-se que um  boneco de Freddie Mercury apareça de braço erguido e de microfone na mão, que o de Michael Jackson esboce um moonwalk, que o de Sua Majestade a Rainha Isabel II esteja numa postura de tranquila dignidade e que Nicki Minaj, enfim...esteja nos preparos de Nicki Minaj.

Se calhar o museu exagerou no mau gosto (em Las Vegas vale tudo...) pois tomou o costume ao pé da letra e colocou-a enfim, de gatas e derrièrre em evidência. E o que é que os visitantes fazem sempre no Madame Tussauds? Interagem com  as figuras para mais tarde recordar e publicar nas redes sociais. E às vezes fazem-lhes judiarias, algumas menos apropriadas. Podem por isso imaginar o tipo de brincadeiras a que a Nicki Minaj de cera se sujeita. Houve mesmo um indivíduo mais brutamontes que esqueceu que podia haver crianças por perto e se divertiu a partilhar isto no Instagram.

Face a tais cenas, os responsáveis do Madame Tussauds decidiram reforçar a segurança e colocar a instalação de forma diferente, para impedir exageros. 



 Até aí, nada de estranho. O que me parece disparatado é que a revista Marie Claire se indigne e escreva, literalmente "Que horror!As pessoas estão a ser tão malcriadas para o boneco de Nicki Minaj! Que maneira horrível de tratar uma rapper tão bem sucedida!". 

Pondo de lado que o museu devia ter antecipado as consequências (pois já se sabe que parte da humanidade tem uma propensão inata para a ordinarice e nenhum auto domínio) é muito wishful thinking dizer tal coisa. É certo que há pessoas tão mal educadas que até com a figura da Rainha abusam (tal como na vida real há loucos para tudo) mas são casos isolados. 

 Eis mais um artigo a retirar às mulheres todo o sentido de responsabilidade; a defender a ideia utópica e perigosa de que as pessoas são essencialmente boas e que, se forem doutrinadas o suficiente, nenhuma mulher será incomodada se andar por aí vestida e a mexer-se como Nicki Minaj. Ainda que isso venha a ser possível no futuro (eu não tenho tanta fé no ser humano; andamos há mais de dois mil anos a dizer "não matarás" e o resultado está à vista) há outro aspecto, este positivo, que convém sempre ter em conta: o sentido do decoro e do ridículo.

 Se a escultura de Nicki Minaj é apresentada em poses pouco decentes, está a convidar a quê? Ao beija mão? A que os rapazes se ajoelhem a fingir que a pedem em casamento?

 Lá está: as atitudes, gestos e apresentação de cada um(a) comunicam ao mundo como se deseja ser tratado (a). É a velha máxima "se quer que sejam cavalheiros consigo, 
porte-se como uma senhora". 

O exemplo é de cera, mas convém que se aplique à vida real...










2 comments:

Gata said...

Não sei onde estavam com a cabeça quando decidiram reproduzir a senhora assim...
Aproveito o momento para dizer que o teu blogue é tremendamente inspirador, parabéns! Não queres fazer um canal no youtube?
Bjs

Imperatriz Sissi said...

Olá Gata, muito obrigada!

Acho que realmente não se sentaram a prever que as reacções iam passar das marcas . Quanto ao canal do youtube, já está pensado!

Beijinho

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...