Recomenda-se:

Netscope

Tuesday, August 18, 2015

O que vamos calçar este Outono?


Como vimos há dias, as modas & elegâncias deste Outono-Inverno não vão trazer consigo novidades de espantar. Trata-se antes de acrescentar detalhes subtis àquilo que as mulheres se habituaram a usar em temporadas recentes. É como se, sabendo o que as consumidoras apreciam, os designers as tentassem a adicionar exemplares à sua colecção. Isto é mau? Não me parece. Quando se descobrem receitas que funcionam, é natural que se queira explorar essa fórmula, silhueta ou salto.

1- Pumps clássicos

Dolce & Gabbana

Regressaram para ficar nas últimas temporadas, as mulheres apaixonaram-se por eles porque dão um toque instantaneamente elegante ao coordenado mais simples e os designers deram ouvidos ao apelo das consumidoras. Fantásticos para saias e calças slim, skinny ou cigarrette, vamos vê-los pontiagudos (Nina Ricci, Fausto Puglisi) arredondados (Marni) e intermédios (Jimmy Choo) com saltos finos ou espessos de todas as alturas e numa variedade incrível de materiais.

A novidade: os mary janes de aspecto vintage ( (Nicholas Kirkwood, Prada, Dolce & Gabbana) de todas as cores e texturas, muito femininos ou de aspecto mais desportivo e edgy. Se tem saudades dos "sapatos de fivela" este é o momento certo para comprar uns ou reciclar os pares que possa ter guardado.


2 - Botins

Pucci

Tornaram-se um básico e rapidamente se percebeu que as mulheres não se cansam deles, com boas razões: bem escolhidos e usados adequadamente são de facto viciantes. Dos modelos simples e bicudos (Yves Saint Laurent) aos saltos espessos e fantasiosos (Cavalli) passando pelos sóbrios e elegantes (Pucci) as inspirações são tantas que não há motivo para os abandonar tão cedo.

A novidade: os saltos esculpidos com plataforma em materiais e cores extravagantes (Gucci) que lembram os anos 90 poderão agradar às mais jovens, ousadas ou que apreciem um look alternativo.


3 - Botas e Cuissardes

Dior

As botas clássicas apareceram de salto médio a alto e  pelo joelho (Dolce & Gabbana) ou de cano largo, em cores ricas e materiais luxuosos como a pele de cobra (Chloé, Lanvin).  Já as versões thigh high querem-se  realmente longas - pelas coxas, a fazer jus ao nome (Pucci, Alberta Ferretti, Christian Dior , McQueen, Aquazzura, Burberry, Calvin Klein) em camurça, veludo, verniz ou latex. A boa notícia é que modelos destes estarão mais disponíveis quer em versão luxuosa, quer nas marcas de fast fashion (vide Zara, com pelo menos três opções). Escusado será lembrar, no entanto, que estas botas exigem bom senso e um óptimo styling para favorecerem a figura e não parecerem vulgares (ver dicas aqui).

A novidade: o regresso das botas (pelo joelho ou mais longas) em tecido ou pele extra fina, que se calçam como se de meias se tratassem (Bottega Veneta): perfeitas para usar com saias! 



2 comments:

Paula said...

Eu adoro as Mary Janes. Já tive de todas as cores clássicas.
Infelizmente nos últimos 10 anos estiveram fora das lojas.
Se volto a encontrar alguns não me responsabilizo!

vidademulheraos40.blogspot.com.

Imperatriz Sissi said...

Ainda tenho um ou dois pares. Na adolescência adorava-os, actualmente não os acho o calçado mais fácil de coordenar. Mas são lindos!

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...