Recomenda-se:

Netscope

Thursday, October 15, 2015

Frase do dia: os males da experiência

"Gostava que a experiência tivesse alma e se lembrasse das lágrimas que tem custado"

Jules Sandeau


Todos dizemos que a experiência ensina, que o sofrimento purifica, é um "abre olhos" e um excelente professor, que põe à prova, que é caindo que se aprende... e inúmeras frases do género. É dito em muitas culturas e muitos credos; dizemos isso porque é mesmo verdade, não há como negar, e porque, que remédio...depois do mal feito, mais vale aprender alguma coisa com a expiação e não repetir a graça. A erros qualquer um está sujeito; não aprender com isso e cair no mesmo é que já é ser pateta ou obtuso. O que, bem observado, nos leva à conclusão de que há muita gente obtusa...


 Mas já o disse algures por aqui: o sofrimento, se é um daqueles mestres mauzões tipo kung fu que ensinam com palmatória (e toda a gente precisa de um desses de vez em quando) não é o único meio de aprender. Hoje em dia, a palavra de ordem é "vive! a vida são dois dias!" mas não é preciso experimentar tudo para saber que algumas coisas são profundamente erradas; nem é boa ideia orgulhar-se de ter uma mente "muito aberta" onde cabe tudo, até o que é mau. Certas "experiências", a que se cedeu em nome do "nunca se sabe", do desejo de vingança, do "deixar andar", da diplomacia, do respeito humano ou por simples ingenuidade causam aborrecimentos que demoram muito a limpar.

Se o valor do sofrimento enquanto mestre é overrated, o valor da experiência (ou do acumular de experiências) como factor de felicidade tem muitíssimo que se lhe diga...


No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...